Governo suspende visita em cadeias e Prefeitura veta corte de água | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 30 de Março de 2020

GOVERNO Quarta-feira, 18 de Março de 2020, 18h:25 | - A | + A




Coronavírus

Governo suspende visita em cadeias e Prefeitura veta corte de água

Novas medidas foram lançadas nesta quarta (18)


redacaomuvuca@gmail.com

CORONAVIRUS_CASOS.jpg

Foto: Reprodução

O Governo do Estado e a Prefeitura de Cuiabá lançaram novas medidas para o combate ao coronavírus nesta quarta-feira (18). Com cerca de 49 casos de Covid-19, sendo que hoje 25 casos são considerados suspeitos, 7 foram descartados – destes, 3 casos apresentaram resultados positivo para Influenza B – e 17 foram excluídos, o Executivo está intensificando suas campanhas para prevenir a população ao máximo.

Confira o novo decreto anunciado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB):

Transporte público
- Ficará proibido o uso do cartão do idoso e do estudante, tendo em vista que as aulas estarão suspensas do dia 23 de março ao dia 5 de abril;

- A Prefeitura irá disponibilizar álcool gel para que os passageiros possam usar durante a viagem;

- Será obrigatório que a cada viagem de uma hora, os ônibus sejam higienizados. Tal medida também será adotada nas estações de ônibus Alencastro, Bispo e Ipiranga;

Serviços públicos

- A Concessionária Águas Cuiabá, responsável pelo serviço de regulação de água e esgoto, ficará proibida de cortar a água, mesmo de quem estiver em débito com a empresa por 60 dias. Esse prazo pode ser estendido por mais 60 dias se houver necessidade;

Educação

- As aulas do município seguem suspensas até o dia 5 de abril;
- A Prefeitura irá depositar, junto a conta do Bolsa Família, o valor merenda escolar das crianças de baixa renda que estudam na rede municipal de ensino;

Confira o novo decreto anunciado pelo governador Mauro Mendes (DEM):

Saúde

- Credenciamento para contratação emergencial de profissionais da saúde;
- Em hospitais públicos e privados, fica restrito a um acompanhante por paciente internado, por tempo indeterminado;
- Suspensão de agendamentos de cirurgias eletivas em hospitais estaduais;
- Definido o médico infectologista e intensivista Dr. Abdon Salam Khaled Karhawl, para atuar como colaborador do Gabinete de Situação;

Transporte

- Ficam autorizadas às concessionárias e permissionárias a suspender o transporte coletivo intermunicipal no âmbito do Estado de Mato Grosso;
- As concessionárias e permissionárias de serviço público de transporte coletivo municipal e estadual deverão adotar todas as medidas de assepsia no interior dos veículos, de acordo com as normas sanitárias vigentes, cabendo aos órgãos regulatórios estaduais e municipais executar a fiscalização;

Serviço público
- Servidores públicos em grupos de risco poderão ter regime especial de trabalho, definido em portaria a ser editada pela Secretaria de Planejamento e Gestão, desde que previamente autorizado pelo Gabinete de Situação;
- Reuniões na administração pública estadual serão suspensas e substituídas por videoconferência;
- Servidores com casos suspeitos ou confirmados deverão permanecer afastados do trabalho;
- Ficam permitidos os sistemas de escala, revezamento e teletrabalho na administração pública, mediante prévia autorização do Gabinete de Situação;
- Fica autorizada a redução ou suspensão do atendimento ao público nos órgãos estaduais, desde que previamente autorizado pelo Gabinete de Situação;

Eventos e aglomerações
- Fica recomendada ao setor privado a suspensão de eventos que concentrem mais de 50 pessoas em ambientes fechados e mais de 100 em ambientes abertos, a exemplo de atividades em feiras, academias, cinemas, clubes, missas, bares, restaurantes e boates;

Sistema penitenciário
- Visitas em todas as cadeias, unidades e socioeducativos ao Estado de Mato Grosso ficam suspensas por 15 dias, podendo ser prorrogadas. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 19-03-2020 08:09:09

Ih! Tio Emanuel vai FERRAR os coitados dos idosos, e pessoas com necessidades especiais, ao cortar a validade do Cartão da Melhor Idade, e Cartões do Pessoal com Necessidades Especiais, no período de 23 de março a 5 de abril. Conheço uma porção de pessoas, com essas condições, que moram sozinhas, e precisam locomover pra ir até um Supermercado, uma Casa Lotérica, um Agência Bancária, ou um Posto de Saúde, etc, bem distante das suas residências. Grande parte recebe só um salário mínimo. E não vão mais poder usar o Cartão da Gratuidade. A pé não dá pra ir, então tão FERRADOS. Não pode impedir o direito constitucional de ir e vir das pessoas. Essa medida só vai atingir os pobres, pois os ricos tem carros, ou os familiares tem. Coitado dos velhinhos e velhinhas, e das pessoas com necessidades especiais...Como muitos nem vão saber dessa notícia, quando embarcarem nos ônibus, entre 25 de março até 5 abril, vão ser humilhados, pois o Cartão não vai passar. E o dinheiro é curto pra pagar a passagem. O PROCON Estadual, os Conselhos dos Idosos, deviam examinar essa decisão do Prefeito e dar um Parecer. Não vai morrer idoso, em casa, porque não pôde sair...porque o Prefeito cortou a validade do Cartão.

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
"Muito bem e com muita energia", diz prefeito
Montante será utilizado para construir pontes
ALMT contra coronavírus
Adiamento é prematuro
Órgão quer suspender reabertura do comércio

Últimas Notícias
30.03.2020 - 15:45
30.03.2020 - 15:29
30.03.2020 - 15:12
30.03.2020 - 14:58
30.03.2020 - 14:36


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário