Investigadores e escrivães paralisam atividades nesta terça-feira  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 19 de Maio de 2019

GOVERNO Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 07h:33 | - A | + A




Greve geral

Investigadores e escrivães paralisam atividades nesta terça-feira

(redacaomuvucapopular@hotmail.com)
Redação

 

Na próxima terça-feira, 12, os investigadores e os escrivães de polícia de Mato Grosso devem se juntar às outras categorias de servidores públicos na manifestação contra o atraso no pagamento dos salários no Centro Político Administrativo em Cuiabá.

Os profissionais foram convocados pelo presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (Sinpol-MT), Edleusa Mesquita, e o presidente do Sindicato dos Escrivães da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso (Sindepojuc), David Nogueira para se reunirem no próximo dia 12 de fevereiro, às 13h30, na sede do Sinpol-MT, no CPA. No local, será realizado uma assembleia para dar continuidade às deliberações sobre o atraso salarial dos funcionários do Executivo.

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) também realizou uma assembleia no último dia 4 e a categoria optou por parar as atividades por 24 horas no dia 12 de fevereiro, podendo deflagrar greve geral a qualquer momento. Mas os professores da UNEMAT decidiram que não vão parar as aulas, mas entrarão em estado de greve e assembleia permanente.

Forma de pagamento   

O Governo do Estado parcelou o pagamento dos servidores do estado, o que não agradou os funcionários do Executivo. Além disso, sancionou um pacote de medida que afetam principalmente a classe. Confira o cronograma definido pelo governador Mauro Mendes referente ao mês de janeiro.   

Dia 11/02 - Será pago R$ 5.000,00 para todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas. Valor total pago: R$ 330.005.909,94, quitando 65% dos servidores.   

Dia 14/02 - Será pago mais R$ 1.800,00 para todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas. Valor total pago: R$ 59.268.056, quitando ao todo 75% dos servidores.   

Dia 25/02 - Serão pagos todos os demais servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem mais de R$ 6.800,00. Valor total pago: R$ 59.268.056, quitando toda a folha de janeiro/2019.   

Salário parcelado 

Mesmo com a crise financeira, o Governo criou um novo modelo de escalonamento para não deixar nenhum servidor sem receber nada até o final do mês. Os servidores com os menores salários recebem tudo na primeira parcela e o restante tem acesso a pelo menos uma fração, para evitar acumulo de contas atrasadas.

Os escalonamentos vêm acontecendo no Estado desde o Governo Pedro Taques (PSDB), que por vários meses de sua gestão não teve dinheiro suficiente para pagar os salários na sua totalidade antes do dia 10 de cada mês.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Servidor - 11-02-2019 10:44:13

https://www.digorestenews.com.br/2019/02/professora-corajosa-desabafa-em-nota-e.html

Responder

4
0


1 comentários