MP abre investigação sobre estrutura de escola que funciona em subsolo | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 01 de Abril de 2020

GOVERNO Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020, 14h:45 | - A | + A




MP abre investigação sobre estrutura de escola que funciona em subsolo

O objetivo é saber sobre a qualidade da estrutura e se os jovens estão sendo prejudicados


redacaomuvuca@gmail.com

O Ministério Público (MPE) abriu investigação para apurar a situação da Escola Estadual Barão de Melgaço, em Cuiabá. Conforme o órgão ministerial, a instituição está funcionando no subsolo da Escola Nilo Póvoas.

Ainda segundo o MPE, a escola Barão Melgaço atende 370 alunos. O objetivo é saber sobre a qualidade da estrutura e se os jovens estão sendo prejudicados.

“Em consulta ao sítio eletrônico da Secretaria Estadual de Educação, tomou-se conhecimento da elaboração do projeto para a execução de uma escola moderna e atrativa para os alunos da E.E Barão de Melgaço, no Bairro Dom Aquino, tendo previsão para o processo de licitação no mês de março do presente ano assim como para o início da construção ser no segundo semestre de 2020”, explicou.  

Enquanto não há licitação, a escola Nilo Póvoas está abrigando precariamente os alunos da escola em questão, resultando em prejuízos para uma educação de qualidade.  

“O objetivo do presente Inquérito Civil é investigar ausência de estrutura adequada de funcionamento e a efetiva construção da nova sede da Escola Estadual Barão de Melgaço, para que esta possa ofertar ao educando o acesso a ambiente escolar com condições estruturais adequadas, de acordo com os ditames constitucionais e legais mencionados alhures, buscando medidas resolutivas a serem adotadas”, finalizou o promotor de Justiça Miguel Slhessarenko Júnior em documento assinado no dia 21 de fevereiro.  

Fechamento   

Na primeira semana de janeiro, a Secretaria de Educação de Mato Grosso informou que a escola Nilo Póvoas fechará e que todos seus 148 alunos vão ser transferidos para a Escola Estadual Antônio Epaminondas, no Bairro Baú.

O motivo seria a pequena quantidade de alunos em um espaço físico que tem a capacidade de atender cerca de mil estudantes.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Sargento Vidal irá assumir o cargo
Medida foi tomada devido à pandemia
Idosos estão lotando unidades
Benefício inconstitucional
Entrevistado de quarta

Últimas Notícias
01.04.2020 - 16:31
01.04.2020 - 15:32
01.04.2020 - 14:30
01.04.2020 - 13:59
01.04.2020 - 13:55


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário