Proposta do Detran é retirada da pauta para alterações | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020

GOVERNO Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019, 14h:32 | - A | + A




Proposta do Detran é retirada da pauta para alterações

Projeto de Lei 1.215/19, ou Mensagem 183/2019, que dispõe sobre a criação, readequação, reajuste e extinção de taxas do Detran foi detalhado aos deputados


redacaomuvuca@gmail.com

Com ampla votação, a sessão desta quarta-feira (11) também foi marcada pela retirada da pauta o Projeto de Lei 1.215/19, Mensagem do Poder Executivo 183/19 - que dispõe sobre a criação, readequação, reajuste e extinção de taxas do Departamento Estadual de Trânsito - Detran. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), explicou que a proposta sofrerá alterações sugeridas pelos deputados, após reunião do Colégio de Líderes, ocorrida ontem, quando o presidente do Detran, Gustavo Vasconcelos detalhou o projeto.

Para Botelho, a explicação detalhada dessa proposta contribuiu para o entendimento antes da votação em Plenário. Uma das observações feita por Vasconcelos, segundo o deputado, se refere ao comparativo à cobrança de taxas em outros estados, que sofre reajuste todo ano. Enquanto que em Mato Grosso há taxas que não são reajustadas há cinco anos.

“Tecnicamente está bem esclarecido. Agora, cabe a cada deputado apresentar suas emendas”, disse Botelho.

Vasconcelos garantiu que as alterações sugeridas pelos deputados serão feitas e a proposta estará pronta ainda nesta semana.

“Acreditamos que em dois dias já vamos trazer a nova proposta para a Assembleia, levando em consideração vários argumentos dos deputados. Apresentamos a eles as novas tabelas propostas pelo Governo do Estado, onde algumas terão o valor acrescido e outras até diminuído. A taxa principal que afeta mais a população é o licenciamento. Hoje, o índice de inadimplência do licenciamento corresponde a mais de 50%, e a arrecadação dessa taxa corresponde a mais de 50% na arrecadação do Detran. Então, não adianta aumentar uma taxa em que a inadimplência já é alta. Optamos por baixar o valor e enviar o documento em casa facilitando a vida do cidadão”, exemplificou Vasconcelos.  

PROJETO - O Projeto de Lei tem como objetivo a revisão, adequação, criação, atualização e até mesmo a extinção de taxas do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), tendo como meta o equilíbrio entre a despesa do serviço executado e a contraprestação deste a sociedade.

Serão reajustadas 108 taxas, extintas 28 e criadas 36. O Detran-MT ressalta que as taxas voltadas para o cidadão sofrerão apenas reposição inflacionária referente aos últimos 5 anos em que estavam sem reajuste, tais como a emissão do Licenciamento Anual de veículos, que passará de R$ 126,06 para R$ 140,00. Nesse valor já estará embutida a taxa para entrega do documento via Correios.

Os demais valores são relacionados aos serviços prestados por pessoas jurídicas vinculadas ao Detran-MT. Esses valores foram reajustados para atender os custos operacionais da Autarquia nos procedimentos de credenciamento, acompanhamento e supervisão da qualidade do trabalho prestado por essas empresas credenciadas à população.

Importante destacar a extinção das 28 taxas que perderam a sua aplicabilidade ao longo do tempo, uma vez que a tabela de taxas do Detran-MT encontra-se desatualizada desde o ano de 2014. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

jose a silva - 13-12-2019 06:12:51

Seguindo exemplo de DETRAN's de outros estado? Então porque noa seguem o DETRAN de GOIÁS? Que desonerou e ou extinguiu muitas dessas taxas e não criou nenhuma? CNH e licenciamento gratuito para quem usa e necessita do veículo para realizar sua atividade profissional, seu sustento?

Responder

0
0


1 comentários

coluna popular
Em Mato Grosso
Críticas sem sentido
Tostão e milhão
Recepção agressiva
Caos na saúde

Últimas Notícias
30.09.2020 - 17:30
30.09.2020 - 17:00
30.09.2020 - 16:10
30.09.2020 - 15:04
30.09.2020 - 14:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário