Sindimed alerta que os contratados da prefeitura não poderão ir para o novo HMPC | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

GOVERNO Quinta-feira, 07 de Novembro de 2019, 08h:30 | - A | + A




Novo Pronto Socorro

Sindimed alerta que os contratados da prefeitura não poderão ir para o novo HMPC

Sindicato está preocupado com o destino dos profissionais contratados


redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

HMC

Foto: reprodução da internet 

Conforme o médico Adeildo Lucena, diretor de Comunicação do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT), com o anúncio da entrega de 100% do novo pronto-socorro surge um novo desafio: alocar os médicos lotados no Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá, pois será uma empresa pública de direito privado que irá gerir o novo HPSMC.

“Encaixando os médicos concursados na rede não haverá lugar para contratados? Serão demitidos? Se hoje a administração pública não consegue manter o PS velho, como manterá as duas unidades funcionando? Quando o velho PS será fechado para as reformas do futuro Hospital da Família?" Para onde irão os seus atuais funcionários?”, questiona Lucena.

Segundo informações da prefeitura, o "velho HPSMC " ainda ficará aberto por alguns meses até a população se acostumar com o novo fluxo e os pacientes internados serem encaminhados para outros hospitais. Entretanto, para o médico surgem muitas questões como: o que será feito com os concursados e contratados do velho HPSC?  Serão remanejados para onde?

Conforme Lucena,  o Sindimed defende o direito médico e que não se trata de politicagem. “Defender condições de trabalho dignas não é politicagem de forma alguma. Isso repercute no bem estar das pessoas que buscam ajuda”, alerta o Sindimed.

Adeildo lembra que há mais  médicos contratados que concursados trabalhando ali. Os concursados podem escolher trabalhar no novo HPSMC, mas não querem ir porque a contagem de tempo pára e o Prêmio Saúde será interrompido.  Já os contratados não podem ir para o novo HPSMC pela Prefeitura, terão que ser contratados em caráter de urgência pela Empresa Cuiabana.  Esta por sua vez deverá fazer concurso em breve. “Isso o Sindimed irá cobrar sistematicamente”, diz o médico.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Numes - 07-11-2019 09:38:55

É a triste realidade. Tem que ri pra não chorar

Responder

0
1


Vanda - 07-11-2019 09:34:02

Vergonhoso!! Muito vergonhoso essa situação, além de tudo péssima administração

Responder

0
0


Adriana - 07-11-2019 09:30:42

Vergonha!Lamentável...

Responder

0
0


Thania - 07-11-2019 09:30:19

Absurdo!

Responder

0
0


Paulinho Santana - 07-11-2019 09:29:39

Fizeram esse processo eletivo para arrecadar dinheiro e agora vem essa palhaçada com as pessoas

Responder

0
0


Meire - 07-11-2019 09:24:57

Gente, que absurdo essa palhada quantas pessoas não precisam trabalhar?

Responder

0
0


6 comentários

coluna popular
Parte será destinado à creche Irmã Hylda
Apostou em favor de Selma
Um mês e meio de férias
Benedito Pedro Dorileo era professor e escritor
Gestão eficiente

Últimas Notícias
13.12.2019 - 19:02
13.12.2019 - 18:25
13.12.2019 - 17:53
13.12.2019 - 16:45
13.12.2019 - 15:38




Informe Publicitário