TCE não vê falha em contrato da prefeitura de Cuiabá com emissora de TV  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020

GOVERNO Sexta-feira, 17 de Julho de 2020, 09h:22 | - A | + A




R$ 539 mil

TCE não vê falha em contrato da prefeitura de Cuiabá com emissora de TV

Na época, a vencedora a Emissora TV Mais, afiliada da TV Cultura de São Paulo.


redacaomuvuca@gmail.com

 

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) não encontrou irregularidades no contrato da contratação de uma emissora de TV para transmitir as aulas para estudantes da rede municipal de ensino durante a pandemia do covid-19 no valor de R$ 539 mil.

O Conselheiro Interino do Tribunal de Contas do Estado, Moisés Maciel indeferiu uma representação de natureza externa com pedido de concessão de medida cautelar em face da Secretaria Municipal de Educação por supostas irregularidades na contratação por dispensa de licitação de emissora de TV para transmissão de aulas da rede municipal.

A contratação da emissora para exibição das aulas da rede municipal de ensino também foi alvo de críticas e debates na Câmara Municipal de Cuiabá, pelos vereadores de oposição que mais uma vez tentam atrapalhar o trabalho da gestão municipal.  

Na época, a vencedora a Emissora TV Mais, afiliada da TV Cultura de São Paulo. Na ocasião, o então secretário municipal de Educação, Alex Oliveira Passos foi notificado para prestar esclarecimentos. Paralelo a isso, o conselheiro, encaminhou a RNE para a Secex de Educação e Segurança Pública para que analisasse o Portal Transparência e a documentação anexada aos autos.

“Ao se manifestar, a Secex consignou, inicialmente que, quando a RNE, foi recebida pela Secex para análise técnica, já havia um processo de acompanhamento simultâneo especial da ação de combate ao coronavírus, em andamento. Desse modo, os autos do acompanhamento simultâneo especial foram apensados a esta RNE e a instrução foi realizada em conjunto”, diz trecho da decisão. 

Diante do que foi apresentado pela Secex, o Conselheiro “concluiu que pelo indeferimento da medida cautelar formalizada pela empresa F.M Parragas – ME, tendo em vista que não foi evidenciada irregularidade na contratação por dispensa de licitação, da emissora”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Presidente corre risco de terminar seu final na c
Escondendo o passado
Dobradinha em Brasnorte
Dívida é de 1991
Deputado é empresário em vários setores

Últimas Notícias
23.10.2020 - 01:47
23.10.2020 - 01:40
23.10.2020 - 00:00
22.10.2020 - 23:36
22.10.2020 - 20:08


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário