Igreja Batista Getsemâni

Apressado, estado entrega pedido de empréstimo ao Tesouro nesta sexta

Governo corre para pagar dívida com Bank of América com dinheiro emprestado

Da redação

 

Apesar de ter conseguido articular a aprovação do empréstimo milionário de forma relâmpago no âmbito do estado (leia-se: Assembleia Legislativa), o governo Mauro Mendes (DEM), ainda precisará realizar um périplo para conseguir o aval da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), para dar seguimento a operação de crédito dos US$ 332 milhões junto ao Banco Mundial.

A boa notícia é que o próprio governo federal está empenhado na operação, e se propôs, inclusive a ser avalista dos estados. A própria ideia do empréstimo partiu do governo Bolsonaro.

A formalização do pedido junto a SNT acontece hoje (sexta), e a pressa se justifica porque a operação precisa ser concretizada até setembro, para que o estado pague os US$ 140 milhões ao Bank of América com o dinheiro do 'reempréstimo'.

Desta forma, apesar do limite da nova operação ser de US$ 332 milhões, a intenção é contrair US$ 250 milhões, ou seja, apenas o recurso necessário para pagar o Bank of America. 

De acordo com o secretário de Fazenda Rogério Gallo, a avaliação por parte da STN não deve levar tanto tempo, tendo em vista que o pedido de urgência e o compromisso já firmado com a Secretaria. “Temos o compromisso da STN de dar a celeridade necessária”, enfatizou. 

Após o aval da STN, o pedido ainda passará pela Procuraria Nacional da Fazenda, Casa Civil e Senado Federal. ”Após a análise econômico-financeira da STN, o pedido vai para a Procuradoria da Fazenda Nacional, que emitirá parecer. Em seguida, irá para a Casa Civil encaminhar para o Senado Federal”, explicou. 

A apreciação da proposta no Senado Federal é a última etapa para concretização da operação de crédito. “No Senado contaremos com a articulação do governador com a bancada federal”, acrescentou o chefe da fazenda estadual.

 


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br