Igreja Batista Getsemâni

Mendes chama deputados para debate democrático

Larissa Malheiros

Mendes

 

Após ser criticado por alguns deputados estaduais tanto de oposição quanto de situação sobre os números apresentados na Assembleia Legislativa (AL), na última semana, que demonstram a grave crise enfrentada pelo Estado, o governador Mauro Mendes (DEM), garante que dados foram levantados pir servidores da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e questionamentos fazem parte do debate democrático.

No entanto, ele defende que não é necessário fazer alarde quanto ao assunto, e caso algum deputado acredite que os números não são reais, basta buscar os dados para averiguar veracidade. A declaração do gestor está relacionada a fala principalmente do deputado da base governista Thiago Silva (MDB) que apontou os números apresentados por Mendes, como dados “maquiados”.

Mas, o governador foi enfático e disse:“Primeiro os números não são meus, os números são do Estado de Mato Grosso , quem fez aqueles números foram técnicos da Secretaria de Fazenda , então são números da Secretaria de Fazendo, servidores de carreira do Estado, e qualquer um pode questionar qualquer coisa neste País. Agora não precisa falar que vai fazer, as pessoas podem fazer não tem problema, o debate é amplo, democrático em cima da verdade”.

Outro deputado que criticou Mendes foi Lúdio Cabral (PT). Ele afirmou que os dados exibidos desde 2003 apontou que a situação não é de calamidade como o governo declarou.

“O governo tem uma preocupação excessiva, o foco muito concentrado nas despesas. E nós precisamos, para superar as dificuldades financeiras que o Estado tem, não é um estado em crise, é um Estado com dificuldade financeira, focar na ampliação da arrecadação na receita, para que a gente dê conta de realizar políticas públicas de qualidade nas áreas essenciais, que é saúde, educação e segurança”, disse Lúdio.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br