Igreja Batista Getsemâni

Dos 33,5 mil km de rodovias em MT, 985 são concedidos à iniciativa privada

Gazeta Digital
Redação

rodovias-de-mato-grosso.jpg

 

Dos quase 33,5 mil quilômetros de rodovias estaduais em Mato Grosso, ao menos 985 são concedidas à iniciativa privada. As informações são da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística.

 

Na manhã de sexta-feira (12), o governo repassou à empresa Via Brasil a responsabilidade de 188 quilômetros da MT-320. Rodovia passa pelas cidades de Alta Floresta, Nova Santa Helena, Nova Canaã do Norte e Colíder.

No ato, estiveram o governador Mauro Mendes (DEM), seu vice Otaviano Pivetta (PDT), além do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o secretário de Infraestrutura, Marcelo Oliveira, representantes da Assembleia Legislativa e da empresa Via Brasil. 

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Marcelo Oliveira, existem outras 14 manifestações de interesse a serem colocadas no mercado para novas concessões. Para ele, as rodovias sendo mantidas pela iniciativa privada é o 'futuro do estado'. 

"São quilômetros de estradas que temos que dar manutenção e o estado não tem condições. Nós vamos sempre ficar com esse grande problema nosso que é capacidade de endividamento, falta de capacidade de pagamento", disse. 

Mendes, no mesmo sentido, afirmou que é obrigação do Estado criar um ambiente favorável ao investimento, desburocratizando para que empresários tenham segurança ao investir no estado. 

"Vamos continuar nessa linha de buscar parceria público privada, buscar concessões, porque o estado brasileiro não é, o estado de Mato Grosso não é nenhum exemplo de eficiência para fazer gestão de muitas de suas obrigações. E na infraestrutura o melhor caminho tem se mostrado ao longo dos anos fazer as concessões". 

MT-320 

Rodovia deve passar por recapeamento e obras de ajuste de largura no acostamento. Empresa deve apresentar um plano de trabalho a ser executado nos próximos 364 dias. Em 2020, devem ser implementados dois pedágios, no valor de R$ 7, 90 cada.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br