Igreja Batista Getsemâni

Galli tenta amenizar sua exoneração do governo Bolsonaro

Ex-deputado afirmou que a demissão foi a pedido

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

 

O ex-deputado federal Victório Galli (PSL) tentou amenizar sua exoneração da Casa Civil do governo Jair Bolsonaro (PSL) e disse que teria sido “a pedido”.

Entretanto, parece que o parlamentar foi pego de surpresa, pois não esperava que o afastamento fosse eminente.

Galli foi nomeado em fevereiro pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para ajudar na articulação, no Congresso, pela votação da reforma da Previdência.

Ao que consta, o ex-deputado não entregou sua parte na encomenda. Com salário de R$ 16,9 mil, o ex-parlamentar fazia questão de se exibir como “assessor especial de Bolsonaro”.

Ultimamente, ele usou muito o nome do presidente para dizer que é pré-candidato a prefeito de Cuiabá em 2020. Contudo, está encontrando barreiras no partido, pois não tem apoio para ser o representante da sigla para as eleições municipais.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br