Igreja Batista Getsemâni

Após indicar superintendente do Incra, Barbudo destina R$ 10 mi para o órgão

Parlamentar tenta ajudar seu indicado a superar crise do órgão

Redação
redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução

Após indicar Ivanildo Teixeira à Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o órgão entrar em crise, com problemas na infraestrutura e no quadro de servidores, o deputado federal Nelson Barbudo (PSL) teve que destinar quase R$ 10 milhões de suas emendas para a reestruturação do local e ajudar a manter o conhecido no cargo.

O montante faz parte das emendas da bancada de Mato Grosso na Câmara dos Deputados e no Senado e foi viabilizado por Barbudo, afinal, o parlamentar foi responsável pela exoneração do antigo chefe e pela indicação do atual superintendente, quem tem tido dificuldades em sua gestão.

Além disso, quando Barbudo realizou sua indicação em maio do ano passado, garantiu que Ivanildo teria de 90 a 120 dias para provar seu trabalho. Agora, oito meses depois da oficialização do cargo, o Incra está em situações precárias e não houve nenhuma mudança na Superintendência.

O Incra

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é uma autarquia federal, cuja missão prioritária é executar a reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional.

Criado pelo Decreto nº 1.110, de 9 de julho de 1970, atualmente o Incra está implantado em todo o território nacional por meio de 30 superintendências regionais.  


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br