Igreja Batista Getsemâni

Homem que estuprou filha e enteada é solto devido à pandemia

Gazeta Digital

A pandemia do novo coronavírus foi o argumento utilizado pela defesa de J.F.D.S., 61, para conseguir um habeas corpus, já que faz parte do grupo de risco por causa da idade. Ele é acusado de estuprar a filha de 3 anos e da enteada de 15 anos em Feliz Natal (536 km ao norte da Capital).

Ele está preso desde fevereiro, quando foi localizado pela Polícia Civil. A adolescente de 15 anos contou que era estuprada desde os 6 anos.

O caso foi denunciado pela esposa do suspeito e mãe das meninas. Outros membros da família também confirmaram a versão das vítimas.

A concessão do habeas corpus é da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. Para o relator do caso, o desembargador Rui Ramos Ribeiro, foi comprovada a idade e que ele "pertence ao grupo de risco", o que permitiria a soltura.

E que, "prevalecendo o critério humanitário, operando-se, em consequência, a substituição da prisão preventiva por outras medidas cautelares diversas da segregação".


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br