Igreja Batista Getsemâni

Incêndio no pantanal já destruiu mais de 66 mil hectares de floresta 

Amanhã, estado recebe reforço de Mato Grosso do Sul no combate ao fogo

Jéssica Moreira
redacaomuvuca@gmail.com

pantanal foco mt

 

Incêndio no Pantanal, em Poconé (104 KM de Cuiabá), que já acontece há 15 dias, devastou mais 66 mil hectares de floresta. Os dados foram divulgados pelo Corpo de Bombeiros, na manhã desta quinta-feira (6). O incêndio ainda não foi controlado. 

Na sexta-feira (7), o estado recebe o reforço de Mato Grosso do Sul em apoio as equipes que estão trabalhando no combate ao incêndio florestal no Pantanal.

Além do incremento das forças federais e de Mato Grosso do Sul, sete equipes terrestres e dois aviões de combate do Corpo de Bombeiros, uma aeronave do CIOPAer, maquinários da SEMA e de Produtores rurais da região, pessoal e veículos do SESC Pantanal e a Prefeitura de Poconé estarão apoiando essa grande operação.

As equipes estão empenhadas na construção de aceiros na região da fazenda São José, onde está localizado o maior foco, pois essas linhas de defesa estão dando resultado positivo na contenção do incêndio.

As chamas começaram em 21 de julho e atingem duas áreas maiores, uma no Parque Estadual Encontro das Águas (IF Encontro das Águas) e outro do lado leste da Transpantaneira por volta do quilômetro 80 (IF São José).

A tripulação do Bombeiro participou de todo planejamento para estruturação de uma base avançada de combate aéreo, a qual foi definida colocar em um ponto mais próximo das frentes de incêndio localizadas no setor sul da Reserva Particular do Patrimônio Natural-RPPN do SESC Pantanal, a princípio prioritária.
Com isso, a distância da pista de pouso até as frentes de incêndio, localizadas a norte da unidade de conservação, perfaziam duas milhas náuticas(cerca de 4Km), favorecendo a efetividade ações aéreas.

Após a estruturação da 2ª base avançada para apoio aéreo, a tripulação realizou lançamentos de agente extintor água para auxílio das equipes terrestres, bem como a realização de um monitoramento para estabelecimento de novas estratégias de combate.

"É importante destacar que houve a mudança da direção do vento no final da tarde para Leste, o que colaborou para que as frentes de incêndio localizada a Norte da RPPN do Sesc Pantanal, não adentrasse na unidade de conservação".

Os recursos empregados na operação foram uma aeronave de combate do corpo de bombeiros, uma aeronave do SESC Pantanal, 6 Bombeiros Militares, 12 Brigadistas do Sesc Pantanal , um auto tanque para abastecimento de combustível-ATC, dois veículos Auto rápido florestal, um caminhão tipo Pipa(9.000L), uma Pá carregadeira, dois tratores com pipas de 4 mil litros, além do apoio da comunidade local. Esse é um aparato extra que foi disponibilizado, além daquele que está sendo empregado no incêndio que ocorre na região da fazenda São José.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br