Igreja Batista Getsemâni

Com autorização da prefeitura, escolas de Sinop retornam as aulas presenciais

Cronograma estipulado pela gestão permite gradualmente a volta às aulas

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Escolas Sinop

 

Na manhã desta segunda-feira (22) ao menos quatro escolas municipais de Sinop (480 quilômetros de Cuiabá) retornaram as atividades por meio do sistema híbrido e com escalonamento na forma das aulas presenciais. A definição sobre o retorno das instituições foi anunciada na última sexta-feira (19) por meio da gestão da cidade, que disponibilizou um cronograma desse retorno.

De acordo com o que foi decidido pela secretaria municipal de Educação, somente crianças acima de três anos poderão participar do ensino denominado como híbrido, ainda assim este não será obrigatório, sendo que os pais que sentirem em segurança poderão enviar seus filhos à escola. Estudantes com até três anos deverão continuar de casa, de forma online.

O calendário das escolas municipais de Sinop iniciou-se em 8 de fevereiro para mais de 1.700 alunos, porém, a forma presencial começou a ser posta em prática nesta segunda. Para isso, a secretaria utilizará de diversas medidas de biossegurança, além de uma estrutura já pré-determinada.

Segundo as informações, o sistema híbrido funcionará da seguinte forma: 50% das aulas presenciais e outros 50% online. Os alunos serão divididos em dois grupos, em que parte estuda as terças e quintas e a outra parte as segundas e quartas. Às sextas-feiras ficarão como dias pedagógicos para apoio, com atendimento de reforço previamente agendado com professores.

Já as demais unidades da cidade, que continuarão de forma online continuam na modalidade online e cada escola é responsável por disponibilizar o conteúdo digital para os alunos.

O prefeito da cidade, Roberto Dorner (SD) destacou em entrevista à imprensa que é importante a retomada presencial do ensino, por isso a decisão foi decretada por ele junto ao comitê de enfrentamento.

“Tomamos essa decisão porque ano passado já foi a maior parte de forma online. Em conversas com pais, alunos e professores, o desejo era de retomar, de maneira segura, com todos os cuidados. A gente sabe que com os cuidados que estão sendo tomados, vai dar tudo certo”, destacou.

Para ver todas as escolas que retornaram de forma híbrida e o calendário completo dessa volta no município, clique AQUI.

Até o momento, Sinop já registrou mais de 190 óbitos ocasionados pelo coronavírus.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br