Igreja Batista Getsemâni

Prefeito avalia que Mendes jogou a culpa nele para esconder incompetência

Governador afirmou que prefeitura não disponibilizou vacinas para profissionais da segurança

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

 

O prefeito da Capital de Mato Grosso, Emanuel Pinheiro (MDB), realizou uma live na tarde desta quinta-feira (8) ao lado da coordenadora do Programa Vacina Cuiabá, Valéria Oliveira, para esclarecer as acusações do governador Mauro Mendes (DEM) de que a vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da Segurança Pública foi suspensa porque o Executivo Municipal não teria entregado as doses do imunizante.

Contudo, conforme informou Pinheiro, quem não repassou as doses foi o Governo Estadual, que teria feito as acusações para tentar esconder a incompetência e desumanização do Executivo Estadual.

“Venho para esclarecer uma calúnia, injúria e mentira que querem jogar para cima do prefeito Emanuel Pinheiro para esconder a incompetência, a desumanização e insensibilidade do Governo do Estado até para vacinar um contingente pequeno de profissionais da Força de Segurança do Estado”, afirmou o prefeito na live.

De acordo com a coordenadora do programa Vacina Cuiabá, Valéria Oliveira, o Governo Estadual ficou de passar as doses para serem administradas nos profissionais, mas acabou não acontecendo, sendo que Várzea Grande também não recebeu o imunizante.

“O estado ele não pode entregar a vacina para uma entidade, ele tem que entregar para um município e a quantidade correta referente a esses policiais da Força de Segurança para que o município repasse para quem irá fazer a vacina, que no caso seriam eles mesmo. Mas eles não entregaram a vacina”, afirmou Valéria.

“Eles anunciam que estão vacinando a Força de Segurança do Estado inteiro, mas não estão. Eles não mandaram a vacina para Várzea Grande também e não estão vacinando a Força de Segurança e não está acontecendo na maioria esmagadora dos municípios”, acrescentou em sequencia o prefeito.

A vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da Segurança Pública, que teria início às 9 horas desta quinta-feira (08.04), no Senai em Cuiabá, foi suspensa, mas deverá ocorrer na sexta-feira (9), a partir das 9 horas, no Senai, na Avenida XV de Novembro.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://muvucapopular.com.br