Promotores iniciam investigação sobre causas do incêndio em Notre-Dame | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

MUNDO Quinta-feira, 18 de Abril de 2019, 08h:29 | - A | + A




Promotores iniciam investigação sobre causas do incêndio em Notre-Dame

(redacaomuvucapopular@gmail.com)
Redação

2019-04-15t173654z_1545573039_rc128343e970_rtrmadp_3_notredame-fire.jpg

 

Promotores franceses começaram a investigar o interior da Catedral de Notre-Dame, em Paris, para descobrir as causas do incêndio que danificou seriamente a estrutura histórica.
Nessa quarta-feira (17), autoridades disseram que especialistas e investigadores entraram em partes da catedral para iniciar o trabalho. Eles não haviam conseguido entrar no local devido ao temor de que toda a estrutura pudesse ruir. O incêndio de segunda-feira devastou a catedral, destruindo seu pináculo de 90 metros de altura e cerca de dois terços do teto.
Os promotores investigam a possibilidade de que o incêndio tenha começado por negligência. Há suspeitas de que o trabalho de restauração, que teve início no ano passado, tenha alguma relação com o fogo. Os promotores já interrogaram cerca de 30 pessoas envolvidas no trabalho.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 19-04-2019 09:39:36

Ih! Tá parecendo que isso é terrorismo...ontem os telejornais informaram que foi presa uma pessoa, que tentava colocar fogo numa Igreja importante de Nova Iorque. Agora os loucos tão mirando as Igrejas mais famosas pra chamar atenção? Será que vai ter que aumentar a Segurança de todas elas? Se aparecer mais uma Igreja incendiada, ou alguém tentando colocar fogo em mais uma...deve ter um grupo terrorista no caso.

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Enxotado da política e fugido de MT por dívidas
Ex-governador pode perder direito de dirigir
“O crime dela é ser Lulista”
Servidores reclamam do abuso de poder
Porém, a família ainda não é favorável

Últimas Notícias
20.08.2019 - 11:32
20.08.2019 - 11:18
20.08.2019 - 11:04
20.08.2019 - 10:59
20.08.2019 - 10:47




Informe Publicitário