Algoz de Selma, Dodge não consegue ser reconduzida a PGR | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

MUVUCADAS Sábado, 14 de Setembro de 2019, 16h:12 | - A | + A




Procuradora Geral é um poço de contradição

Algoz de Selma, Dodge não consegue ser reconduzida a PGR

Procuradora Geral é um poço de contradição


Muvuca Popular

 Raquel Dodge não conseguiu ser re onduzida ao comando da PGR, e ganhou destaque pelas próprias contradições.

Ao tempo que fez um discurso no seu último dia como Procuradora Geral da República, pedindo que os ministros permaneçam atentos a todos os sinais de pressão (Leia-se: CPI da Lava Toga), ela não conseguiu explicar como a procuradoria redigiu um parecer de 74 laudas em menos de 24 horas sobre a cassação da senadora juíza Selma Arruda (PSL), que é uma das signatárias da investigação do abuso de poder no judiciário.

Se isto não é pressão, o que, então seria???

A própria Selma denunciou a perseguição que se faz, especialmente contra ela que está exposta por conta do processo, mas não recua um milímetro de sua posição.

Selma enfrentou a chefona da PGR e o filhão do presidente Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, que aos gritos tentou fazer a senadora mato-grossense retirar a assinatura da CPI.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

jose a silva - 15-09-2019 07:35:08

E o canalha do muvuca deve ter algo de sinistro aí, pois pelo que se percebe nas entre linhas da matéria, seria um grande torcedor a favor da desgraça da senadora de MT! Por que não torce assim, com essa enfase, com essa veemência pela desgraça da petista, a cerveró de MT, a deputada federal, que por sinal, foi imensamente beneficiada pelo incêndio do almoxarifado da SEDUC? COMO? Sumiram, ou melhor consumiram com todas as provas que não existiam! É os materiais supostamente comprados sumiram consumidos pelo incêndio! Essa Cerveró de MT, tem uma sorte......!!!!!!!!!

Responder

1
1


1 comentários