DEM descarta Roberto França e fará pesquisa com "famosos quem?" | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

MUVUCADAS Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020, 23h:52 | - A | + A




Nomes inexpressivos viram "boi de piranha"

DEM descarta Roberto França e fará pesquisa com "famosos quem?"

Nomes inexpressivos viram "boi de piranha"


Muvuca Popular

O Democratas de Cuiabá está dando cabeçada na parede. Só pode! Pelo menos isso é o que se extrai da reunião ocorrida no gabinete do governador Mauro Mendes, nesta terça (28), onde se discutiu os nomes que serão colocados em uma pesquisa para aferir a 'popularidade' dos prefeitáveis ligados ao governador.

Na reunião, não foi colocado à mesa o nome mais conhecido da população, que é o ex-prefeito e radialista Roberto França. Caso pensado ou não, alguém sugeriu e foi acatado que o 'gordo' ficasse de fora por estar filiado ao PV, sigla que faz parte da administração Emanuel Pinheiro (MDB), que irá à reeleição.

O nó górdio, no entanto, é a sensação de muxoxo que dá ao ver a escalação do time maurista. Encabeça a lista o 'Tal do Gilberto', senhor ninguém, que senta na cadeira de secretário estadual de saúde e tem a total simpatia do governador e nenhuma simpatia dos eleitores. 

O solícito, porém beeeem impopular Mauro Carvalho também está no páreo. Fabinho Garcia, o mais notável entre os inotáveis, não teve coragem sequer de ir à reeleição para deputado federal e pegou carona na onda jaymista, tornando-se suplente de senador. Marcelo Padeiro, conhecido como 'senhor simpátio' (SQN) ameaça o mundo com seu nome colocado como pré-candidato a prefeito. Padeiro é técnico, pé-de-boi, ex-secretário de todo mundo, inclusive do próprio França, mas nunca havia tido esse tipo de convulsão eleitiva.

Rogério Gallo, disparadamente o melhor secretário de Mauro Mendes, está sendo colocado na rabeira, mas oferece menos perigo que o Corona Vírus. Gallo deve ser preparado para o governo do estado, e não queimado numa disputa que só tem a virtuose de amesquinhar a eleição de prefeito para satisfazer o desejo do chefe do Paiaguás em enfraquecer e espezinhar o novo inimigozinho de quintal, Emanuel Pinheiro.

Nas rodas políticas o que se comenta é que se juntar todos esse nomes não faz 10% dos votos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Lapada - 29-01-2020 15:21:18

Tá nubrado

Responder

0
0


1 comentários

coluna popular
Verba Indenizatória e folia
Proposta única para o Senado e a Câmara
Pauta foi limpa antes do feriadão
Petista busca disposição para defender o povo
Servidor passou dos limites

Últimas Notícias
21.02.2020 - 00:37
20.02.2020 - 19:09
20.02.2020 - 18:57
20.02.2020 - 18:09
20.02.2020 - 16:44




Informe Publicitário