Ex-chefe do Gaeco tem habeas corpus negado após vazar grampos de Silval  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

MUVUCADAS Terça-feira, 12 de Novembro de 2019, 17h:50 | - A | + A




Denunciado pelo Ministério Público

Ex-chefe do Gaeco tem habeas corpus negado após vazar grampos de Silval

Denunciado pelo Ministério Público


redacaomuvuca@gmail.com

O promotor e ex-chefe do Gaeco de Mato Grosso, Marco Aurélio, teve seu habeas corpus indeferido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) após ter sido denunciado por vazar áudios dos grampos feitos pelo órgão de conversas do ex-governador Silval Barbosa (MDB) e de sua família. 

Em sua defesa, Marco diz que após a denúncia foi sancionada a lei 13.869, conhecida como a Lei de Abuso de Autoridades. Segundo o promotor, a lei em questão seria mais benéfica para ele caso venha a ser condenado pelo suposto crime.  

Marco Aurélio pedia de forma liminar a suspensão da tramitação da denúncia no Tribunal de Justiça e, no mérito, a reclassificação do suposto crime como abuso de autoridade, que foi negada pelo ministro Ribeiro Dantas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 13-11-2019 08:27:48

Puxa vida! Ao ler o título dessa matéria levei um susto...pensei que o cara tava preso, nem passou pela primeira instância ainda, ou passou? Aí, vem a segunda, passa pra terceira, segue...e termina no Supremo. É o Supremo que dá a última palavra...ficou PODEROSO. O professor Onofre do Programa Estúdio, acertou em cheio quando disse: ficou parecendo que as decisões das instâncias, abaixo do Supremo, não valem BULHUFAS. O que adianta Juiz condenar na primeira...desembargadores condenar na segunda, na terceira, se no final a decisão do Supremo é que será o veredicto final. Vai que todas as instâncias condenam e o Supremo absolve, ou vice-versa, todas as instâncias absolvem e o Supremo condena. É tanta instância, que OS PODEROSOS nunca mais irão pra cadeia...Justiça demorada, cara. Só os pobres, p... e p... é que tão ferrados...são presos antes de serem julgados até na primeira instância. Dizem que nas cadeias, presídios, tá cheio do pobres, presos há bastante tempo, que nem foram julgados na primeira instância ainda. Processo de pobre JAMAIS chegará ao Supremo. Supremo é o Tribunal dos PODEROSOS. Aí, ficam falando em Constituição...pro pobre, todo dia a Constituição é jogada na lata do lixo, quando, em algum lugar desse brasilzão, procuram um Posto de Saúde e dizem que não tem médico, não tem remédio, não tem vaga em UTI. Seu direito constitucional à Saúde é jogado no lixo. Aí, o pobre morre por falta de atendimento, atendimento tardio...e acabou o problema. Fica como tio Datena disse: Pobre só é importante na hora do voto, depois é só um detalhe.

Responder

1
1


SERHUMANO - 12-11-2019 17:57:44

Mato Grosso ensina como a JUSTIÇA IMPARCIAL funciona consoante a LEGISLAÇÃO VIGENTE! Deveria ser EXEMPLO para o IMPARCIAL DE CURITIBA.

Responder

1
2


2 comentários

coluna popular
Parte será destinado à creche Irmã Hylda
Apostou em favor de Selma
Um mês e meio de férias
Benedito Pedro Dorileo era professor e escritor
Gestão eficiente

Últimas Notícias
13.12.2019 - 19:02
13.12.2019 - 18:25
13.12.2019 - 17:53
13.12.2019 - 16:45
13.12.2019 - 15:38




Informe Publicitário