Governo tenta explicar aumento de preços e suavizar situação | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

MUVUCADAS Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020, 10h:01 | - A | + A




Taxa Mendes

Governo tenta explicar aumento de preços e suavizar situação

Taxa Mendes


redacaomuvuca@gmail.com

Mauro Mendes

 

O governo de Mauro Mendes (DEM) não tem poupado forças para explicar a importância das mudanças fiscais. Utilizando os meios de comunicação oficial, o governo de Mato Grosso tem se esforçado para fazer a população "engolir" os novos tributos através de artigos e explicações que suavizam o reajuste do ICMS (imposto sobre a circulação de mercadorias e prestação de serviços).

Entretanto, os esclarecimentos não colam. Mendes já chegou a afirmar que o aumento de preços é pressão que não funciona em seu governo e que o mercado se autoregula, incentivando consumidores a comprar em estados onde o preço estiver menor. Instituições como a Federação das Associações Comerciais e Empresarias de MT, a Factmat, já repudiaram as atitudes de Mendes.

Nesta segunda (20), o site oficial do governo postou um artigo do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, afirmando que as medidas do governo de Mendes foram "corajosas". Não é o que o povo pensa.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre - 20-01-2020 16:21:34

Alimentação, combustivel tudo ficou mais caro, taxar o Agro que é bom nada, prefere taxar os velhinhos...

Responder

2
0


Carlos - 20-01-2020 15:59:53

Ele esta querendo gerar emprego é em Goiás, aumentando a carga tributária aqui

Responder

2
0


Maria - 20-01-2020 13:43:27

Para atender determinado segmento do fisco estadual, o governo sacrificou o povo de mato grosso com aumentos de preços em todas as áreas. Quem ganhou com essa reforma tributária? O povo não foi.

Responder

6
0


jose a silva - 20-01-2020 12:37:45

Já perguntaram ao governador de MATO GROSSO, um estado brasileiro, o por que dele levar suas empresas ao país vizinho, o PARAGUAY? Ah! lá o imposto é menor ou nenhum! Importa insumo brasileiro e exporta produtos industrializados! Isso é traição ou não? Isso é caso de fuzilamento!

Responder

7
0


4 comentários

coluna popular
Candidato à prefeitura de Sinop
Saúde em 1º lugar
Corona nas eleições
Distribuição de absorventes 
Lucas do Rio Verde

Últimas Notícias
01.10.2020 - 18:03
01.10.2020 - 18:00
01.10.2020 - 17:07
01.10.2020 - 16:12
01.10.2020 - 15:05


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário