Janaína diz não ser normal Bruno voltar aos campos | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

MUVUCADAS Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020, 14h:58 | - A | + A




#BRUNONAO

Janaína diz não ser normal Bruno voltar aos campos

#BRUNONAO


redacaomuvuca@gmail.com

 

Enquanto a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT) defende o direito a reinserção do goleiro Bruno Fernandes, recém-contratado pelo Operário Várzea-grandense, de outro lado a deputada estadual Janaína Riva adere em favor do grupo de mulher ao movimento #BRUNONAO,  dizendo não ser normal esta interpretação da OAB-MT.

Bruno, em 2013, foi condenado a 20 anos e nove meses pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação de cadáver, da modelo Eliza Samudio, com quem teve um filho. Porém, ganhou o direito a liberdade após ter cumprido o tempo necessário para progressão da pena, conforme está previsto na Lei de Execuções Penais (LEP). Ele estava preso desde 2010.

“Eu sei que muita gente vai dizer que a lei permite, que devemos seguir aquilo que está na lei e que fatos como esse devem ser considerados “normais”. Pra mim não é normal! Não é normal um homem que matou a amante, até hoje não confessou ou se arrependeu, não entregar onde enterrou o corpo, voltar aos campos e ter uma vida de um cidadão comum. Pior que isso, podendo se tornar um ídolo para as crianças de Mato Grosso, um símbolo de que é possível matar e retomar sua vida como se nada tivesse acontecido. Um homem frio que deixou uma criança sem mãe, que nunca se desculpou com a sociedade, jogar no nosso amado Mato Grosso... chega de feminicídio! Estamos fartas da impunidade #BRUNONAO”, cita Janaína Riva em sua página do Facebook.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

- 21-01-2020 16:48:37

Deputada, esse é o seu pensamento, mais a lei existe para ser respeitada e a opinião de ninguém esta a sima da lei. Já pensou o numero de homicidios que acontece a todos o momento no Brasil com brancos, negros, amarelos e o pior os que mais sofrem ultimamente São os índios e os mendigos que morrem carbonizados nas calçadas das metropoles. E com esses citados, tudo passa e vai para o esquecimento. Com o Bruno a Mídia conseguiu deixar um sentimento de ódio no coração de muitos brasileiros pelo fato dele na época estar em alta no futebol brasileiro pelo Flamengo. O Bruno não vai poder trabalhar? Não pode ganhar seu sustento? Então a deputada deveria falar que é contra a nova chance e que os presos tem que estar atrás das grades e não trabalhando nos órgãos do governo, pois ali também tem pessoas que mataram, tiraram vidas. Não cabe a nos julgarmos.

Responder

3
0


1 comentários

coluna popular
Verba Indenizatória e folia
Proposta única para o Senado e a Câmara
Pauta foi limpa antes do feriadão
Petista busca disposição para defender o povo
Servidor passou dos limites

Últimas Notícias
21.02.2020 - 00:37
20.02.2020 - 19:09
20.02.2020 - 18:57
20.02.2020 - 18:09
20.02.2020 - 16:44




Informe Publicitário