Lúdio diz que disputa entre Mendes e Emanuel prejudica gestão de Cuiabá | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

MUVUCADAS Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019, 16h:40 | - A | + A




Petista enfatizou que Saúde é a mais afetada

Lúdio diz que disputa entre Mendes e Emanuel prejudica gestão de Cuiabá

Petista enfatizou que Saúde é a mais afetada


redacaomuvuca@gmail.com

Lúdio Cabral (PT) | Foto: Reprodução

O deputado estadual, Lúdio Cabral (PT), declarou que a crise no relacionamento entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito por Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), trazem enormes malefícios para a gestão da Capital. Para o parlamentar, a disputa de ego de ambos, fazem com que a Saúde seja a principal afetada nessa queda de braço.

Membro da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, Lúdio utilizou como exemplo a vistoria realizada no Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá nesta quarta-feira (04). Onde ocasionou a suspensão de cirurgias e internações, sob a alegação de ausência de repasses por parte da Prefeitura.

De acordo com o petista, o contrato entre o HGU e a Prefeitura de Cuiabá tem valor de R$ 2,5 milhões por mês. Os valores são repassados bimestralmente, mas desde setembro o pagamento não é realizado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 05-12-2019 17:58:16

Aí, o professor Onofre, do Programa Estúdio (com o Igor) deu um baita susto: argumentou, pra fazer o novo HMC gastaram cerca de 190 Milhões de reais, aproximadamente. Agora o custo pra manter essa estrutura funcionando pra atender o povo vai ficar em quase 100 Milhões por ano...em dois anos, quase vai superar o custo da construção do Hospital. A pergunta é: a Prefeitura tem esse dinheiro pra manter essa Estrutura toda? Fazer propaganda marqueteira em cima do HCM, pra conquistar votos, é fácil...o negócio é operacionalizar tudo isso. Se o BOLSONARO, a nivel federal, e o MM, a nível estadual, não ajudarem no custeio do HMC...esse Hospital novinho vai fechar as portas. Nessa hora não vai aparecer pai no negócio, ou vai? Ih! Tá igual o VLT do Rio de Janeiro. O midianews fez a matéria intitulada: MODAL QUESTIONADO, que demonstra que o VLT de lá já tá dando prejuízo de 100 Milhões de reais. É que o preço da passagem não cobre os custos e prejuízos do negócio...o povo jamais vai pagar preço de passagem caro...então o Governo todo mês tem que cobrir os custos e prejuízos. Fazer até a obra não é impossível...o difícil é a tal da operacionalização e manutenção. Custa caro.

Responder

3
0


Hurtado - 05-12-2019 22:07:27

Não acho justo Cuiabá cuidar dos doentes do interior de Mato Grosso, todo município tem o repasse da saúde e CUIABÁ tem o repasse para cuidar doa que vive nela, ou sou a favor que o repasse das cidades onde não da assistência devida a seus municípes que seja feito o repasse a Cuiabá. Tenho certeza que usuários do SUS de Cuiaba não vai procurar saúde nos outros municípios.

Responder

0
1


2 comentários

coluna popular
Sem alardes
Vergonha da Fronteira
Evandro foi secretário do prefeito cassado Wallace
Ex-governador é carta fora do baralho
Morte do pai

Últimas Notícias
22.01.2020 - 10:19
22.01.2020 - 10:14
22.01.2020 - 10:06
22.01.2020 - 10:02
22.01.2020 - 10:02




Informe Publicitário