Mendes muda tática e manda secretários "bater" em Emanuel | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 07 de Julho de 2020

MUVUCADAS Domingo, 17 de Novembro de 2019, 06h:42 | - A | + A




Pré-postos tentam aliviar desgaste do chefe

Mendes muda tática e manda secretários "bater" em Emanuel

Pré-postos tentam aliviar desgaste do chefe


Muvuca Popular

O governador Mauro Mendes (DEM), que vivia soltando farpas contra o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (DEM), resolveu colocar em prática outra estratégia para não atrair para si tanto desgaste. A ordem unida no Palácio Paiaguás, agora, é os secretários do governo aproveitarem qualquer oportunidade para "sentar o cacete" no prefeito.

Dessa forma, o governador se livra de desgastes pessoais, e os seguidores de Pinheiro ficam perdidos, sem saber onde revidar, ou tendo que se desdobrar para contra-atacar em várias frentes de artilharia pesada.

Até o polido secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, resolveu sair do tom diplomático, e deu estrevistas esta semana com declarações beligerantes. 

Homem de confiança de Mendes, Carvalho chegou a propor um desafio ao prefeito dizendo que renunciaria seu cargo na Casa Civil caso Emanuel provasse que pegou o hospital abandonado. "Temos as planilhas de todas as medições que foram feitas no ano de 2016, que foi o último ano de mandado do prefeito Mauro Mendes. Se ele conseguir provar deixo meu cargo na Casa Civil. Gostaria que ele fizesse o mesmo na prefeitura", desafiou.

Além de Carvalho, o Secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo e Fábio Garcia já mostraram os dentes e mandaram o recado dizendo que estão prontos para confrontar Emanuel no lugar do chefe do Paiaguás.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Não cumprimento acarreta em multa
Ficou à espera de UTI
Agendada para 15 de julho
Disseminou
Combate à violência contra mulher

Últimas Notícias
07.07.2020 - 15:00
07.07.2020 - 14:04
07.07.2020 - 13:58
07.07.2020 - 13:51
07.07.2020 - 13:47




Informe Publicitário