Senadora defende voto eletrônico em reuniões de condomínios  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 25 de Agosto de 2019

MUVUCADAS Quarta-feira, 14 de Agosto de 2019, 14h:03 | - A | + A




Projeto foi aprovado na CCJ

Senadora defende voto eletrônico em reuniões de condomínios

Projeto foi aprovado na CCJ

WhatsApp Image 2019-08-14 at 12.32.23.jpeg

 Selma Arruda | Foto: Assessoria 

O Projeto de Lei 548 de 2019 sob relatoria da senadora juíza Selma e de autoria da senadora Soraya Thronicke foi aprovado hoje (14) durante a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A proposta permite o voto eletrônico em reuniões de condomínios.

Na defesa do projeto, a relatora destacou os grandes desafios dos condomínios na atualidade para engajar os condôminos na discussão e deliberação das questões de interesse de todos.

"Os múltiplos compromissos da vida cotidiana fazem com que muitas pessoas não tenham tempo para comparecem às assembleias. A possibilidade de se votar posteriormente sobre os temas debatidos é uma alternativa muito bem-vinda para aumentar a participação democrática nas deliberações", destacou.

Caso não haja interposição de recurso no prazo de cinco dias a partir da publicação do parecer, o projeto segue para aprovação na Câmara dos Deputados.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Candinha - 14-08-2019 21:20:11

PARABÉNS à autora da proposta! Creio que coíbe / evita eventual exercício de má fé de que saiam à prática semelhante a de um síndico que DECIDE, DEPOIS TENTA LEGITIMAR SUA DECISÃO ORDENANDO PRA QUE ZELADOR PERCORRA a 'via sacra ' para que condôminos AUSENTES assinem a ATA.

Responder

0
0


1 comentários