Sintep manterá greve mesmo com corte de ponto dos servidores | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 24 de Junho de 2019

MUVUCADAS Domingo, 26 de Maio de 2019, 09h:17 | - A | + A




Educação para em MT à partir desta segunda

Sintep manterá greve mesmo com corte de ponto dos servidores

Educação para em MT à partir desta segunda

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep-MT), confirmou que vai manter a greve geral por tempo indeterminado à partir desta segunda-feira (27), mesmo com a decisão do governo em cortar o ponto dos trabalhadores da Educação.

A medida do Executivo se baseará em uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), datada de 2016, que estabeleceu o corte dos dias parados assim que os servidores se ausentarem do seu expediente em razão de paralisação. 

A greve foi aprovada em assembleia geral realizada na última segunda-feira (20). A categoria pede que o Governo faça um calendário para melhorar a infraestrutura das escolas, pague a lei da dobra do poder de compra, além de exigir a RGA, conforme lei, aprovada em 2013. O governo disse que não tem dinheiro e ainda fez um apelo para a categoria, que se manteve reticente.

A briga judicial remeterá aos tempos do governo Pedro Taques, que acabou perdendo apoio popular pelo endurecimento com os servidores públicos e nunca mais conseguiu recuperar seu prestígio. Ao contrário de Taques, porém, Mendes ainda tenta manter o diálogo, mesmo com o recrudescimento de ambas as partes.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Marcelo - 27-05-2019 11:36:41

Parabéns aos profissionais da educação. Não sou funcionário público. Tenho filho e filha na escola pública no interior de Mato grosso. Nós,comerciante pequenos dependemos que eles tenham a reposição pra que possamos vender e sibreviver também . Aqui na minha pequena cidade os grandes produtores amigos do governador vão comprar em Cuiabá ou nos grandes centros do país. Tamos com vocês professores.

Responder

33
0


1 comentários