ALMT poderá destinar recursos para ajudar a Santa Casa de Misericórdia | MUVUCA POPULAR

Sábado, 24 de Agosto de 2019

PARLAMENTO Quarta-feira, 03 de Abril de 2019, 02h:43 | - A | + A




Apoio à saúde

ALMT poderá destinar recursos para ajudar a Santa Casa de Misericórdia

Proposta foi anunciada pelo presidente Botelho após reunião no Palácio Paiaguás

Após mais uma rodada de discussões sobre a crítica situação da Santa Casa de Misericórdia, que suspendeu os atendimentos por falta de condições financeiras, a Assembleia Legislativa poderá devolver recursos ao Governo do Estado e repassá-los à instituição filantrópica. A proposta foi anunciada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), na noite desta segunda-feira (01.04), durante reunião no Palácio Paiaguás e será amplamente debatida com os deputados.

Botelho explicou que essa medida precisa ser tomada com urgência para ajudar a entidade, especialmente, os funcionários que estão a meses sem receber salários. Também cobrou um planejamento para fortalecer o gerenciamento da unidade hospitalar.

“Discutimos o que precisa ser feito. Temos um caminho que é a Santa Casa fazer mudanças no seu Estatuto e apresentar um plano de recuperação, para que possamos estudar a forma de como o governo e a prefeitura poderão ajudar a resolver a situação. Mas, também temos a questão emergencial dos funcionários que estão há muito tempo com salários atrasados. Por isso, fiz a proposta de usar recursos da Assembleia, para a instituição conseguir pagar os funcionários que estão sofrendo, passando necessidades. Vamos atuar em cima disso que é mais emergencial”, garantiu Botelho.

Além do governador Mauro Mendes, a reunião contou também com as presenças dos gestores da Santa Casa, representantes do Ministério Público, deputados estaduais e vereadores, no Palácio Paiaguás, onde foram discutidas soluções para retomada de atendimentos na entidade e pagamento de salário dos funcionários.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, reforçou o compromisso de contribuir para a reabertura da unidade de saúde o mais breve possível. “É uma instituição importante para a saúde pública, temos que nos unir porque o município sozinho não dá conta. Estamos todos preocupados e prontos para fazer cada um a sua parte, para reabrir e colocá-la em pleno funcionamento”, disse, ao cobrar o plano emergencial da entidade.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou a importância de a diretoria da Santa Casa divulgar os dados relativos aos déficits da instituição para viabilizar recursos públicos.
“Ficou claro que, para se buscar uma solução em definitivo para a Santa Casa de Cuiabá, que é uma entidade privada, há a necessidade de que ela abra todas as informações necessárias para que o Governo do Estado, a Prefeitura e o Ministério da Saúde tenham conhecimento profundo da situação”, disse o secretário de Saúde.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários