Gefron mata 4 traficantes na fronteira | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020

POLÍCIA Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020, 10h:36 | - A | + A




Drogas e armas

Gefron mata 4 traficantes na fronteira

País vizinho alega que homens que foram mortos não são bandidos

c88708aea07e0209f99caebdffd9a65d.jpg

 

Quatro traficantes morreram após atirar em policiais do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gefron) e darem início a um confronto na fronteira com a Bolívia, na madrugada de domingo (27), em Cáceres (225 km da Capital). Segundo o Gefron, foram apreendidos R$ 2 milhões em entorpecentes com os traficantes.

O confronto aconteceu por volta de 0h30, nas proximidades do rio Jauru, em uma zona rural da cidade. Após a troca de tiros, os traficantes foram encontrados caídos no matagal e levados para o Hospital Regional de Cáceres. No entanto, eles morreram a caminho da unidade de saúde.

Dois homens são bolivianos, um já foi identificado e é o indígena chiquitano César Tosube Lopez, de 27 anos, irmão do boliviano Ezequiel Pedraza Tosube Lopez que morreu em um confronto com o Gefron em agosto. Com as novas mortes, sobe para seis o número de bolivianos mortos na fronteira em cerca de 50 dias.

A Bolívia acionou o Brasil pedindo uma explicação sobre as mortes deste confronto, alegando que as vítimas não eram bandidos.

Apreensão

No domingo, foram apreendidos 90 quilos de pasta-base de cocaína, 3,2 quilos de cloridato de cocaína, 5 quilos ácido bórico, quatro armas municiadas, sendo uma pistola 9 milímetros, uma pista ponto 22 e dois revólveres ponto 38.

De acordo com o Gefron, dois dos mortos possuem passagens criminais, sendo por tráfico e homicídio.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Construção está parada desde 2017
Político tenta disfarçar passado
Fora da disputa
Confiança demais
Apoio de fora

Últimas Notícias
26.10.2020 - 22:15
26.10.2020 - 21:18
26.10.2020 - 20:08
26.10.2020 - 19:00
26.10.2020 - 18:45


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário