Mãe acusa motorista de ônibus de agredir seu filho em Cuiabá | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

POLÍCIA Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019, 09h:30 | - A | + A




POR COPO DE ÁGUA

Mãe acusa motorista de ônibus de agredir seu filho em Cuiabá

Jovem faz uso de medicamentos controlados; mãe procurou a Polícia após garoto chegar ensanguentado

POR COPO DE ÁGUA.jpg

Foto: Reprodução

Um motorista de ônibus foi acusado de espancar um adolescente de 16 anos que estava voltando da escola e pediu para beber água no ponto final. O jovem toma medicamentos controlados e faz tratamento no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

O caso aconteceu em Cuiabá no 1º de outubro, mas só foi divulgado nesta terça-feira (8).

A mãe da criança, identificada como J.M.S., foi quem denunciou a agressão, após o filho chegar em casa com o uniforme ensanguentado.

Segundo ela, a vítima e alguns colegas estavam com sede e pediram para tomar água no ponto final, onde os motoristas param para descansar.

Um dos condutores que estavam no local permitiu que os jovens entrassem para beber água, porém o suspeito não queria deixar os estudantes entrarem e, segundo o B.O., os provocou, mandando eles “chamarem a mamãezinha”.

No momento em que o adolescente entrou, o suspeito o empurrou e a vítima reagiu. Em seguida o motorista deu socos no nariz e na boca do jovem.

“Meu filho chegou falando: ‘Mãe, a senhora não sabe o que aconteceu. Aquele motorista bateu no menino e ele vinha pra cima de mim", relatou a mãe de um dos adolescentes que estavam no local e presenciaram a cena.

Ainda conforme informações da mãe da vítima, a empresa afirmou que iria afastar o motorista, mas até o momento ele segue trabalhando.

O condutor que permitiu a entrada dos adolescentes afirmou que viu a cena, mas não conseguiu intervir porque é idoso.

“Eu quero justiça para que isso não aconteça com outras crianças, ele quebrou até o dedo de tanto bater na criança. Pra que isso? Por causa de um copo d’água? [...] Meu guri estava vindo da escola, não estava vagabundando, não”, afirmou J.M.S.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Representando Mato Grosso
Noite decisiva
Fortalecimento de cadeias produtivas
Compartilhando Fake News
Educação Básica em pauta

Últimas Notícias
10.12.2019 - 19:03
10.12.2019 - 18:14
10.12.2019 - 17:07
10.12.2019 - 15:41
10.12.2019 - 14:56




Informe Publicitário