Menor compra droga e aponta casa de tráfico em VG | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

POLÍCIA Sexta-feira, 06 de Setembro de 2019, 11h:49 | - A | + A




FLAGRANTE

Menor compra droga e aponta casa de tráfico em VG

FLAGRANTE.jpg

Foto: Reprodução

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na quarta-feira (04.09) por suspeita de envolvimento no tráfico de drogas, em Várzea Grande. Com ele, os policiais militares encontraram 13 porções de maconha e mais um tablete da mesma droga, em uma área de mata próxima.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais estavam patrulhando a região do bairro Vitória Régia e receberam informação de que várias pessoas estariam vendendo drogas em uma rua da localidade.

Os militares foram ao local indicado e ao perceber a aproximação da viatura, o adolescente correu para o quintal de uma casa. O adolescente foi abordado e revistado, quando foram encontrados os entorpecentes. Ele ainda indicou a casa de um homem, que segundo ele, seria o responsável por fornecer a droga para ser revendida.

Tanto na casa onde o adolescente tentou se esconder, como no imóvel indicado por ele, foram encontradas mais porções de maconha e cocaína. Em uma das residências também foram achadas e quatro munições de calibre 38, intactas.

O suspeito identificado pelo adolescente não estava na casa, porém, deixou documentos pessoas e está sendo procurado.

O adolescente foi entregue na delegacia para as devidas providências.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários