PM é preso acusado de envolvimento em morte de enfermeira | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

POLÍCIA Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019, 09h:21 | - A | + A




Encontrada em matagal

PM é preso acusado de envolvimento em morte de enfermeira

Zuilda Correia estava desaparecida desde o dia 27 de setembro e seu corpo foi encontrado nesta terça

ENCONTRADA EM MATAGAL.jpg

Foto: Reprodução

Um policial militar foi preso pela Polícia Civil de Sinop (500 km de Cuiabá) suspeito de estar envolvido na morte da enfermeira Zuilda Correia, de 43 anos, dada como desaparecida no dia 27 de setembro.

O corpo dela foi encontrado na manhã desta terça-feira (8) em uma área alagada na zona rural da cidade, e foi reconhecido pelo filho.

A informação da prisão do PM foi confirmada pelo delegado que investiga o caso, Eduardo Muniz.

De acordo com ele, uma entrevista coletiva será realizada às 17h de hoje para dar mais detalhes do crime.

O desaparecimento

O boletim de ocorrência registrando o desaparecimento foi feito pelo marido da enfermeira, na semana passada. Ele contou que encontrou manchas de sangue e fios de cabelo na caminhonete do casal, em frente à residência deles.

Segundo o homem relatou à Polícia, antes do desaparecimento, ele havia buscado a esposa no Hospital Santo Antônio, onde Zuilda trabalhava. Mas ela não estava lá.

Posteriormente, ele seguiu para um “espetinho” que o casal possuía e ficou à sua espera.

Ao notar a ausência da esposa, ele relatou ter retornado à residência, onde não a encontrou. Ele diz que então seguiu para a igreja que esposa frequentava, onde também não a localizou.

Segundo o marido, já preocupado, ele retornou para casa e encontrou a caminhonete do casal na porta. Ao pegar as chaves reservas, constatou que estava faltando roupas de Zuilda e uma quantia em dinheiro. Ao checar a caminhonete, relatou ter visto manchas parecidas com sangue e fios de cabelo.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários