Sogro de atiradora pode ficar livre de processo | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

POLÍCIA Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020, 13h:49 | - A | + A




Caso Isabele

Sogro de atiradora pode ficar livre de processo

Transação penal foi proposta pelo Ministério Público do Estado ao empresário

isabelle1-e1596745125502.jpg

 

O Ministério Público Estadual (MPE) propôs ao empresário Glauco Fernando Mesquita Correa da Costa o pagamento de R$ 104,5 mil como transação penal, uma espécie de pena, diante do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) que ele responde por omissão de cautela de arma de fogo. Glauco é dono da arma que foi usada para matar a adolescente Isabele Guimarães Ramos. Pelo crime que foi indiciado, poderia pegar de 1 a 2 anos de detenção, ou seja, não há prisão.

Por isso, uma audiência premiliar foi designada e caso a defesa de Glauco aceite a proposta do MPE, ele deixa de responder criminalmente. "A pena aplicada na transação penal não tem caráter de punição, mas sim de uma medida penal aceita voluntariamente pelo autor do fato para evitar o processo, sem admissão de culpa ou de responsabilidade civil", diz trecho do documento.

O filho do empresário, G., namora B.O.C., a adolescente que matou Isabele. A arma de Glauco, uma pistola Imbel, calibre 380, foi levada pelo filho para a casa da namorada, onde aconteceu o crime.

O filho de Glauco retirou duas armas de seu apartamento no Edifício Royal Presidente, e levou até a casa da namorada no Condomínio Alphaville I, por esse motivo o empresário responde por omissão de cautela.

O promotor de Justiça Mauro Poderoso de Souza propôs o pagamento de 100 salários mínimos de "pena restritiva de direitos, especificamente prestação pecuniária".

Caso

Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, morreu, após levar um tiro no nariz que saiu pela nuca, na noite de 12 de julho, na casa da família Cestari, no condomínio Alphaville I, no bairro Jardim Itália, em Cuiabá.

A adoelscente B.O.C. foi indiciada por ato análogo ao homicídio hediondo. A arma utilizada pela adolescente de 15 anos foi levada por seu namorado G.

B. chegou de passar uma noite no Complexo Socioeducativo Pomeri, mas foi liberada em menos de 12 horas, após o desembaçador Rui Ramos conceder um habeas corpus.

O processo tramita em segredo de Justiça por se tratar de menores de idade.

Além de B., respondem pela morte de Isabele seus pais, Marcelo e Gaby Cestari, seu namorado G. Marcelo foi indiciado por homicídio culposo, fraude processual e porte iegal de arma de fogo. Gaby Cestari responde por omissão de cautela de arma de fogo com agravante. E o adolescente G. por crime análogo ao porte ilegal de arma de fogo.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

DECEPCIONADA - 01-10-2020 14:46:57

Resumindo o PREVISÍVEL: o faminto que furtou manteiga para q seus filhos menores se alimentassem um pouco melhor, foi preso. Era pobre, né? Crime hediondo, parece-me ser relevado quando se trata de agente afortunado.

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Improbidade administrativa
Deu na Revista Época
Com 87 anos
Não terminou
Candidatos tentam surfar na onda

Últimas Notícias
20.10.2020 - 22:20
20.10.2020 - 21:46
20.10.2020 - 20:37
20.10.2020 - 19:31
20.10.2020 - 19:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário