“A Santa Casa será voltada para a alta complexidade”, destaca secretário de Saúde | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019

POLÍTICA Segunda-feira, 17 de Junho de 2019, 15h:11 | - A | + A




Perto da reabertura

“A Santa Casa será voltada para a alta complexidade”, destaca secretário de Saúde

Em entrevista, Gilberto Figueiredo reafirmou a preocupação da atual gestão em manter os atendimentos que já eram prestados.


redacaomuvuca@gmail.com

O Hospital Estadual Santa Casa tem a reabertura prevista ainda para o mês de junho, após o término de uma uma série de readequações prediais pelas quais passa a unidade, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, durante entrevista ao programa A Notícia de Frente, da TV Record, que foi exibida para todo o Estado na manhã desta segunda-feira (17).

“Essa estrutura será a maior oferecida pelo Estado, com 242 leitos. Estão sendo readequadas as alas das Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s), a cozinha, o setor pediátrico, o setor administrativo e a recepção. Também realizamos o processo de dedetização da estrutura e daremos início à desinfecção do local após a conclusão da readequação”, explica.

Dentre outras pautas abordadas, estiveram questões relacionadas à atuação dos Hospitais Regionais, à Farmácia Estadual e à retomada dos transplantes de rim em Mato Grosso. O gestor enfatizou a preocupação da atual gestão em manter os atendimentos que já eram prestados e assegurou que, gradualmente, haverá a ampliação desses serviços.

“O hospital será referenciado e voltado prioritariamente para a alta complexidade. Oncologia, nefrologia, cardiovascular, neurologia, ortopedia e UTI’s são algumas das áreas que serão contempladas, e ainda será uma unidade referência em pediatria. No entanto, é importante frisar que também contaremos com procedimentos de média complexidade”.

O secretário reforçou a efetivação do repasse financeiro, por parte do Governo do Estado, à Justiça do Trabalho, por meio do qual foi possível pagar salários atrasados dos servidores do Hospital Estadual Santa Casa. “A Secretaria de Estado já efetivou a transferência da primeira parcela relativa ao valor total previsto, estipulado em aproximadamente R$ 10 milhões e 800 mil, que adianta algo em torno de 30 meses de indenização por parte do Estado e prioriza os pagamentos dos servidores”, pontuou.

Na última quarta-feira (12), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) depositou a primeira parcela – no valor de R$ 3 milhões –- referente ao acordo firmado junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que objetiva o pagamento gradual dos servidores da unidade filantrópica. Com isso, apenas os pagamentos de junho somarão R$ 6.170.475.75 e o Governo terá quitado 70% dos salários em atraso.

Hospitais Regionais

A retomada da gestão dos Hospitais Regionais de Rondonópolis e Sinop e o afastamento das Organizações Sociais de Saúde (OSS), que ocorreu no início da atual gestão estadual, também foi pauta da conversa. Conforme explica o secretário, a opção pela intervenção ocasionou a otimização do recurso público e a melhoria do serviço prestado à população mato-grossense. “Em Rondonópolis e Sinop, foi reduzido substancialmente o custo dos Hospitais Regionais, que agora produzem quatro vezes mais”, avaliou.

Em maio deste ano, o Hospital Regional de Rondonópolis passou a realizar cirurgias ortopédicas de fratura de quadril e acetábulo (cavidade do quadril que se articula com o fêmur), tornando-se referência nessa especialidade para a população da região sul do estado. Somente no mês passado, quando houve a implantação do novo serviço, a unidade hospitalar realizou 243 cirurgias ortopédicas, e 191 internações eletivas nessa especialidade médica.

Recentemente, a unidade regional de Sinop também contou com o acréscimo profissional de aproximadamente 50 novos funcionários – entre eles, enfermeiros, maqueiros, técnicos de enfermagem e técnicos em mobilização ortopédica. Atualmente, o hospital funciona em sua capacidade máxima, dispondo de 92 leitos totais, e também realiza procedimentos eletivos.

Por fim, o secretário ainda reiterou a adimplência da atual gestão estadual para com os municípios de Mato Grosso. “A nossa gestão está rigorosamente em dia com os repasses referentes ao exercício de 2019 e destinados aos municípios mato-grossenses”, concluiu.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Geselle - 18-06-2019 10:35:18

Esperamos que tenha bons resultados mesmo

Responder

0
0


Breno - 18-06-2019 10:34:13

Como nossa saúde pública é tão abandonada e carente de boa gestão

Responder

0
0


Mauricio - 18-06-2019 10:31:19

Olha que legal

Responder

0
0


3 comentários