Após um mês de barreira sanitária, povo Umutina consegue reduzir casos de covid  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 09 de Agosto de 2020

POLÍTICA Sábado, 01 de Agosto de 2020, 17h:49 | - A | + A




Povos indígenas

Após um mês de barreira sanitária, povo Umutina consegue reduzir casos de covid

Comunidade tem apenas três casos registrados nesse momento


redacaomuvuca@gmail.com

Foto 12.jpg

 

O povo Umutina-Balatiponé, de Barra do Bugres, Mato Grosso, é o exemplo de que medidas protetivas e sanitárias de combate ao novo coronavírus (Covid-19) conseguem reduzir os casos e o contágio da doença.

Segundo o técnico em enfermagem Adenil Uapodonepá, que atua na linha de frente no combate ao covid-19 na comunidade, o território Umutina chegou a registrar 23 casos da doença e um óbito, o da anciã Sebastiana Uapodonepá. Contudo, hoje, o povo tem apenas três pessoas infectadas, sendo que 20 já estão curadas do novo coronavírus.

Para as lideranças, o baixo número de casos é reflexo de medidas protetivas adotadas na comunidade, onde os jovens, anciões, representantes da Saúde Local e órgãos que atuam diretamente com os povos indígenas se uniram para garantir que a doença não evoluísse dentro do território. Uma das medidas que fez a diferença, segundo as lideranças, foi a implantação da barreira sanitária, que foi uma sugestão feita pelos jovens da comunidade.

Na última semana, a barreira completou um mês de funcionamento e foi essencial para controlar os casos dentro do território, pois além de ser feita a aferição da temperatura e higienização das pessoas, também ampliou a orientação da comunidade sobre os cuidados com a saúde, o que acabou evitando o contágio do novo coronavírus.

Foto 3 Umutina.jpg

 

Contudo, outras medidas também foram adotadas pela comunidade, como a construção de cercas nas entradas da aldeia e a proibição da visita de não indígenas no território.

Medidas protetivas continuam

Apesar da situação estar controlada no território, as lideranças sabem que o momento é preocupante e a doença é perigosa, por isso decidiram em reunião realizada neste sábado (1) prorrogar as medidas protetivas.

Onde determinaram que continua proibida a entrada de não indígenas no território e a barreira sanitária irá funcionar por mais um mês.

 

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Vanessa - 01-08-2020 18:53:27

Notícia maravilhosa

Responder

3
0


1 comentários

coluna popular
Melhor data para vendas desde o início da pandemia
"Rouba as coisas da merenda para vender"
No próximo dia 31
Mudanças devido ao coronavírus
Custo de R$ 260 mil

Últimas Notícias
09.08.2020 - 13:53
09.08.2020 - 09:56
09.08.2020 - 07:59
08.08.2020 - 19:25
08.08.2020 - 17:00




Informe Publicitário