Aprosoja usa outdoors para apoiar pacotes de Bolsonaro  | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019

POLÍTICA Quarta-feira, 06 de Novembro de 2019, 18h:51 | - A | + A




“Brasileiros de bem”

Aprosoja usa outdoors para apoiar pacotes de Bolsonaro

Associação faz parte do movimento "Brasil Verde e Amarelo" e está fazendo campanha para Sérgio Moro


redacaomuvuca@gmail.com

WhatsApp Image 2019-11-06 at 16.09.18.jpeg

Foto: Reprodução

A Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), que faz parte do movimento nacional denominado Brasil Verde e Amarelo, está espalhando outdoors em apoio ao Pacote Anticrime do ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro nos municípios de Mato Grosso. Além de Cuiabá, outras 24 cidades com núcleos da entidade já receberam a propaganda.

Em entrevista, o presidente da Aprosoja, Antônio Galvan, afirmou que pelo menos 40 cidades devem receber o outdoor em apoio ao Pacote Anticrime até o final do mês. O dirigente ruralista alega que a defesa de leis mais duras contra a criminalidade é uma pauta do setor produtivo e de todos os “brasileiros de bem”.

Vitrine do trabalho de Sergio Moro, o Pacote Anticrime que irá a plenário na Câmara dos Deputados perdeu os principais pontos defendidos pelo ex-juiz da Lava Jato. O novo texto não aborda a prisão em segunda instância, nem o excludente de ilicitude — que, de maneira genérica, eliminaria penas para policiais que matassem em serviço.

Entretanto, manteve pontos considerados positivos  como o endurecimento do Código Penal, mudanças na interceptação telefônica, banco de dados genético e balístico.

A chamada “bancada da bala” ainda tenta recuperar alguns pontos perdidos na comissão especial, como o "plea bargain" que propõe que um réu tenha pena reduzida se confessar o crime. Ainda não existe data prevista para votação do Pacote Anticrime em plenário.

Apoio a Bolsonaro

No início do ano, a Aprosoja demonstrou apoio ao Governo Jair Bolsonaro (PSL) lançando  a campanha “Pátria no Campo”, que  distribuiu  bandeiras do Brasil para serem hasteadas nas propriedades rurais do Estado. Contudo, quando se fala em ações concretas para o bem comum, o Agronegócio não se mostra nada patriota, visto que, são totalmente contra a taxação do setor. Os produtores são beneficiados pela Lei Kandir (Lei Complementar 87/1996), que isenta a cadeia produtiva de pagar ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os produtos exportados.

Antes da Lei Kandir ser criada, há 20 anos, os produtos do agronegócio eram taxados em 13%. Contudo, em 2018, as exportações do agronegócio movimentaram cerca de R$ 61,552 bilhões, mas foram isentos de taxas.   

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(7) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

ROBSON JOSÉ - 07-11-2019 17:29:16

Será que esse tal pacote ante crime vai mandar prender quem fazer desmatamento ilegal? Se for assim a maioria dessa turminha seria preso. O Brasil dos ditadores Moro e do Bolsonaro está ótimo para esses caras, desigualdade aumentando e eles ficando cada vez mais ricos, e os pobres passando fome, se deixar por esses ai, logo termos escravos novamente nas lavouras de soja. Em se falando em crime, pelo o quem tem sido revelado pelas gravações da Lava Jato o Moro não é nenhum bom exemplo, a não ser para os tolos e os espertos de plantão.

Responder

1
0


Bolão - 07-11-2019 14:53:34

Olha aí os cabos eleitorais do Bolsozilla! Chorando por renuncias fiscais para o Agro!

Responder

3
0


andre - 07-11-2019 10:06:49

mas o deles está guardado, logo vem a TRIBUTAÇÃO EM CIMA DO AGRO, daí veremos se irão continuar apoiando esse governo.

Responder

6
0


Binho - 07-11-2019 10:02:52

Propaganda pra quem não chora para poder mamar

Responder

2
0


Felipe - 07-11-2019 09:19:50

parabéns por apoiar o certo, parabéns MT por querer o melhor para todos

Responder

0
7


Simone - 07-11-2019 09:18:05

Que vergonha alhea kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

3
0


Ze - 07-11-2019 08:52:40

Já estão arrastsndo a b.. pra conseguir aquele famoso perdão milionário dos grandes produtores

Responder

6
0


7 comentários