Barbudo e Medeiros se movimentam nos bastidores para assumir vaga no Senado  | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

POLÍTICA Terça-feira, 23 de Abril de 2019, 14h:44 | - A | + A




Vaga de Selma

Barbudo e Medeiros se movimentam nos bastidores para assumir vaga no Senado

Deputados dizem que só vão se pronunciar depois de esgotada a defesa de Selma Arruda


De Brasília - (Agência RBC News)

 

Os deputados federais José Medeiros (PODE) e Nelson Barbudo (PSL) negaram, por meio de suas assessorias, que têm pretensões à candidatura ao Senado da República caso se confirme a cassação da senadora Selma Arruda (PSL). O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) cassou o mandato da ex-juíza por uso de caixa dois nas eleições do ano passado. Mas ainda cabe recursos.  

Medeiros, segundo sua assessoria de imprensa em Brasília, disse acreditar “que a senadora Selma vai reverter à situação e não haverá eleição”. O deputado federal mandou dizer também que é necessário que os eleitores da senadora sejam respeitados. “Foram quase 700 mil votos e não vão ser anulados por esta tese nova de caixa dois, fora do período eleitoral”, afirmou Medeiros.  

O deputado afirmou ainda que já passou “por esse tipo de coisa e sabe muito bem desse tipo de sofrimento”. Ele se referia ao fato de que quando exerceu o mandato de senador (2015/2018) viveu sob constante ameaça de cassação devido à polêmica sobre supostas fraudes na ata da coligação que elegeu, em 2010, Pedro Taques senador e ele um dos suplentes.  

“A senadora ainda não cassada definitivamente, cabe recursos e eu considero um desrespeito para com a minha colega de partido tratar desses assunto [candidaturas] agora. Talvez lá na frente falaremos sobre isso. Se ela for cassada, na condição de presidente do PSL em Mato Grosso terei que tratar do tema”, mandou dizer Nelson Barbudo, por meio de seu assessor.  

Apesar das declarações solidárias dos deputados em relação à senadora, o fato é que, nos bastidores assessores dos dois parlamentares e dirigentes de seus respectivos partidos já pensam em seus nomes para disputar a vaga, caso ela seja aberta. A movimentação aqui em Brasília reflete também a de Mato Grosso, onde dirigentes já articulam as candidaturas.  

Há inclusive fortes especulações de que a candidatura de Nelson Barbudo teria o aval do presidente Jair Bolsonaro, que não gostaria de que seu PSL perca a vaga no Senado. Assim o nome de Barbudo seria o ideal. Certo? Nem tanto. Hoje o grande articulador de Mato Grosso junto ao Palácio do Planalto atende pelo nome de José Medeiros. Mesmo sendo do baixo clero (ou talvez até por esta razão) Medeiros circula com mais desenvoltura próximo a Bolsonaro, enquanto Barbudo ainda é uma espécie de “baixo clero do baixo clero”.  

Enquanto isto, a senadora Selma Arruda se movimenta para tentar barrar a cassação. Ela tem assumido uma postura um tanto quanto reclusa, evitando falar com a imprensa, até para não dar mais declarações polêmicas. Mas, por meio de sua assessoria de imprensa ela mandou dizer que considera toda e qualquer articulação visando “candidaturas ao Senado neste momento é pura e simples falta de respeito com a sua pessoa e às instituições”.  

Medeiros e Barbudo são os dois deputados federais que aparecem em enquete do Muvuca Popular. Diante da pergunta “Em quem você votará para a nova eleição do Senado em MT?”, 37% das pessoas que participaram da enquete responderam que votariam em José Medeiros. Um dado curioso enquete: em segundo lugar, com 14% dos votos, os participantes cravaram: “Nenhum deles”.  

Na sequência aparecem Aladir Leite (PPL), com 10% dos votos, Gisela Simona (PROS), com 8%, Júlio Campos (DEM), com 7%, o Procurador Mauro (PSOL), com 6%, Pedro Taques (PSDB), 5% e  Nelson Barbudo, com 4%, empatado com Blairo Maggi (PP). Figura ainda na lista Carlos Fávaro (PSD), com 3% dos votos, Adilton Sachetti (PRB) e Francis Maris (PSDB),  1%, e Sebastião Carlos (REDE), com meio ponto percentual.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Thiago - 23-04-2019 15:37:58

O que esperar de um povo que elegeu Bolsonaro, não me surpreende mais nada

Responder

4
1


Jucelia - 23-04-2019 15:36:22

Que piada esse governo...cada dia uma pérola diferente que vergonha em

Responder

5
0


Carmem - 23-04-2019 15:34:09

Bancada de MT sempre fazendo feio, isso que dá eleger qualquer um mas o povo não aprende nunca não sei o que vai ser de nós

Responder

5
1


Daniel - 23-04-2019 15:32:06

Nem começou atuarem direito e já estão mostrando que não vão fazer nada

Responder

5
0


Allan Marinho - 23-04-2019 15:27:49

Tinha que ser por concurso quero ver eles conseguirem CREDO

Responder

4
0


5 comentários