Botelho diz que reforma na previdência dos servidores deve ser aprovada esta semana | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020

POLÍTICA Domingo, 15 de Dezembro de 2019, 18h:57 | - A | + A




Regime de Urgência

Botelho diz que reforma na previdência dos servidores deve ser aprovada esta semana

Presidente da ALMT disse que projeto deve ser tratado com prioridade para ser aprovado antes dos feriados


redacaomuvuca@gmail.com

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) declarou que a proposta do Executivo de aumento da alíquota da previdência de 11% para 14% na contribuição de servidores públicos do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público Tribunal de Contas e Defensoria Pública será tratada como prioridade e que precisa ser aprovada ainda nesta semana, antes dos feriados de natal e ano novo.

A proposta que foi aprovada pelo Conselho de Previdência do Estado e lida no Plenário da Assembleia Legislativa, causou polêmica e teve rejeição por parte da maioria dos servidores do Estado.

De acordo com Botelho, uma audiência pública está marcada na segunda-feira (16) para todos os envolvidos entrarem em um acordo, para que a proposta seja aprovada até no máximo na próxima sexta-feira (20).

“A previdência é prioridade e eu já convoquei os deputados para falar que esta matéria nós vamos ter que aprovar até a semana que vem. Teremos audiência, vamos ouvir todos para fazermos ajustes, mas temos que aprovar isso até esta semana. A alíquota é prioridade e é uma causa que tem que ser feita”, disse o parlamentar, explicando que o próximo passo será discutir as regras da aposentadoria.

“Depois temos que discutir a regra de aposentadoria porque temos um plano para que isso se torne viável. Além desta alíquota, temos que mudar a regra da aposentadoria. As pessoas que aposentam com 45 anos, não vai poder mais. Temos que passar isso para 60, 65 para a previdência se tornar viável. Senão vamos ter que aumentar a alíquota lá na frente novamente. Estas regras de aposentadoria tem que ser modificadas e aprovadas”, afirmou.

A mudança na alíquota deve enfrentar resistência da oposição e servidores públicos já manifestaram que irão se mobilizar para tentar modificar o texto que irá para votação. Representantes do Fórum Sindical classificaram a que a alteração na alíquota irá massacrar a classe trabalhadora.

Caso seja aprovada pela Assembleia Legislativa, o aumento da alíquota de contribuição passa a vigorar quatro meses após a publicação oficial.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(7) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Nilza - 16-12-2019 10:00:48

SENHOR DEPUTADO BOTELHO TEM DE FAZER A REFORMA SIM, MAIS NÃO ADIANTA DE NADA AUMENTAR A ALÍQUOTA DA PREVIDÊNCIA DE MT. EM 14% PARA O SERVIDORES PÚBLICO PAGAREM O ROMBO QUE OS POLÍTICOS CORRUPTOS FIZERAM E CONTINUA FAZENDO NO MT PREV.

Responder

10
0


jose a silva - 16-12-2019 09:06:07

Esses poderes e seus penduricalhos (ex: ALMT e TCE, TJ e os seus GCCO, MPE) exceto o executivo, os maiores sanguessugas do erário, que desperdiçam o dinheiro de impostos, deveriam e se o governador tiver peito, o que não tem, se virar só com o duodécimo atual, se virarem para cobrir a diferença que terão de recolher, agora votam aumento e o executivo é que tem que bancar? Concedem aumento e a reposição salarial (RGA) e quem banca? O executivo! E o servidor do executivo é que tem que pagar o pato? Se é o executivo quem arrecada, deveria pagar os seus e se sobrar pagar o demais! Mas passam governadores e passam governadores e ninguém peita e barra as farras desses poderes, pois até agora não vi e não conheço um governador que não tenha rabo preso com a justiça e demais poderes (seja que tipo de falcatrua e ou crime for), abrem as pernas e concedem tudo, comprando proteção!

Responder

7
0


alexandre - 16-12-2019 08:39:46

O botelho podia obrigar os Poderes a pagarem o funprev patronal .....

Responder

5
1


maria - 16-12-2019 16:02:23

Ora Alexandre coopere com o NEOLIBERALISMO ,para de MIMIMI.....

Responder

0
0


Pardal - 16-12-2019 07:43:13

Boa hora, para o Fórum demonstrar sua força, e os deputados apoiarem a população trabalhadora.

Responder

13
0


Eu - 16-12-2019 05:49:30

O que mais me irrita é que mesmo com notícias desse tipo, o povo não a prende a parar de vender voto...

Responder

20
0


Dom Quixote de La Mancha - 15-12-2019 19:08:43

Botelho é empresário, não precisa se aposentar. Aqueles que votaram nele aprendam a votar em quem tem compromisso com trabalhadores.

Responder

24
0


7 comentários

coluna popular
Apoiador de Baracat é muito queimado
Medida vale para famílias carentes
Visita na Famato
Espelho da campanha de Bolsonaro
Devastação

Últimas Notícias
24.09.2020 - 21:01
24.09.2020 - 20:56
24.09.2020 - 19:50
24.09.2020 - 19:00
24.09.2020 - 18:33


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário