Câmara de Cuiabá inaugura revitalização do Arquivo Geral Vereador Clóvis Hugueney Neto | MUVUCA POPULAR

Domingo, 29 de Março de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020, 17h:22 | - A | + A




Câmara de Cuiabá inaugura revitalização do Arquivo Geral Vereador Clóvis Hugueney Neto


redacaomuvuca@gmail.com

O Arquivo Geral da Câmara Municipal de Cuiabá que ganhou o nome do vereador Clóvis Hugueney Neto (Clovito) foi inaugurado hoje pela manhã, às 8h:30. O descerramento da placa foi feito pelo Presidente Misael Galvão (PTB) e a família do 1º Vice-presidente, Vinícyus Hugueney (Progressistas), filho do homenageado.   

Na oportunidade o presidente declarou que a homenagem ao vereador "Clovito" como era carinhosamente chamado partiu do vereador Ricardo Saad (PSDB), sugestão que foi acatada pelos demais vereadores, o que demonstra reconhecimento pelo legado que o homenageado deixou em sua passagem pelo Parlamento da Capital.  

Clovito ingressou na vida pública como vereador nas eleições municipais de 2004, quando conquistou 4.224 votos. Foi reeleito para outros dois mandatos, em 2008, com 4.797 votos e em 2012, com 2.956 votos, militando pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e nos últimos anos passou pelo Solidariedade. Uma das suas marcas na carreira política foi a garra com que defendia seu ponto de vista em Plenário.  

Clovito era filho de Clocy Hugueney e Marize Malheiros, nasceu em Cuiabá no dia 29 de abril de 1963, cidade onde faleceu ao 52 anos, em 24 de maio de 2015, quando cumpria seu terceiro mandato. Oriundo de tradicional família política, teve como precedentes na Câmara cuiabana, o avô materno Justino Malheiros, o tio João Malheiros e, depois, o primo Justino Malheiros Neto.  

Em nível estadual o avô paterno Clóvis Hugueney, foi deputado e depois Conselheiro do TCE, na década de 50. O tio avô Cacildo Hugueney, também deputado. Entra na conta ainda o tio Carlos Hugueney, que foi prefeito da cidade sul mato-grossense de Campo Grande.  

Além do trabalho que desenvolveu durante sua vida política, Clovito deixa para continuidade de sua luta pelos mais carentes – outra das suas marcas -, o filho Vinícius Huguney, o mais jovem eleito para a Câmara nas eleições municipais de 2016, que cumpre o primeiro mandato.  

O Arquivo Geral Clóvis Hugueney, como afirmou o Presidente Misael, é o local que foi estruturado para guardar a memória do Parlamento e faz parte de uma ala localizada no primeiro piso da Casa que durante muitos anos foi tratado sem o devido cuidado.  

Misael lembrou que aquele espaço era um lugar insalubre, impróprio para o desenvolvimento do trabalho. Com as obras que implementou, o arquivo e também outras salas daquela ala, recebeu a estrutura necessária para salvaguardar o legado dos vereadores cuiabanos.  

Uma das servidoras que mais lutaram pela reestruturação do arquivo, a servidora e historiadora Veraciney Zago, observou que agora o arquivo conta com temperatura adequada, tratamento anti fungos e ácaros e ainda contra fogo. Conta também com prateleiras e estantes deslizantes modernas, móveis com espaço suficiente para receber toda a produção documental da Casa de Leis.  

Participaram da inauguração a mãe do homenageado, dona Marize Malheiros, seus filhos Vinícius, Matheus e Daniel. Também presenciaram o ato os vereadores Toninho de Souza (PSD), Sargento Joelson (PSC), Dr. Xavier (PTC) e Dilemário Alencar (PROS), juntamente com o corpo de secretários da Casa.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Empresários pedem o fim da medida de isolamento
Medida Provisória
“Todas as decisões terão lado positivo e negativo”
Não chegou a ser cassado
Gentil Bussiki se dedicou por 40 anos ao órgão

Últimas Notícias
28.03.2020 - 19:17
28.03.2020 - 15:45
28.03.2020 - 13:52
28.03.2020 - 11:47
28.03.2020 - 10:59


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário