Denúncias de violência contra crianças diminuem em Cuiabá  | MUVUCA POPULAR

Sábado, 15 de Agosto de 2020

POLÍTICA Sábado, 30 de Maio de 2020, 11h:01 | - A | + A




Situação preocupante

Denúncias de violência contra crianças diminuem em Cuiabá

Situação preocupa Conselho Tutelar da Capital


redacaomuvuca@gmail.com

 

Dados levantados pelos Conselhos Tutelares da Capital apontam uma redução no número de denúncias de casos de violência contra crianças e adolescentes desde o início do isolamento social em virtude da pandemia do novo Coronavírus. De acordo com o conselheiro tutelar Oilson Souza, em 2019, foram registrados 1.500 casos de violação de direitos contra crianças e adolescentes.

“Nesse ano, em que estamos vivendo esse momento de crise, onde existe a necessidade do isolamento social, tem dias que estamos nos plantões que não recebemos nenhuma ligação nesse sentido. E isso nos preocupa e muito, pois sabemos que a realidade é bem diferente. Sabemos que não é porque não estamos recebendo denúncias que não estão ocorrendo casos de violência”, observou o conselheiro.

Segundo ele, estimativas apontam redução em torno de 70%, ou seja, os casos estão sendo subnotificados, pois em média, cada Conselho registra em média 130 casos mensais.

“Os números levam em consideração os registros de Boletins de Ocorrência e podem significar ausência de denúncias. Todos os dias, nos noticiários, a situação é bem diferente, novos casos de violência contra crianças e adolescentes tem acontecido na Capital”, alertou.

“Temos que criar uma barreira de enfrentamento a violência com nossas crianças e adolescentes. Durante a pandemia do Covid-19, a violência dentro de casa pode aumentar”, acrescentou.

As pessoas que tiverem conhecimento de algum tipo de agressão pode denunciar através do Disque 100 (Direitos Humanos) e o 190 (Polícia Militar), que funcionam 24 horas.

Além dos telefones dos Conselhos Tutelares, Ouvidorias do Ministério Público, Defensoria Pública ou Delegacia Especializada nos Direitos das Crianças e Adolescentes.

As denuncias também podem apresentadas na Unidade de Saúde ou o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de abrangência. “Estamos muito preocupados, pois os números de denúncias caíram, porém os casos de agressões temos conhecimento que só tem aumentado. Devido a necessidade do isolamento social, os casos acontecem dentro de casa mesmo, e o medo toma conta”, informou Souza.

“Você não está só! Se algo de ruim está acontecendo dentro da sua casa, denuncie, peça ajuda”, concluiu o conselheiro.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
João Mototáxi discutiu com cidadão por WhatsApp
Henrique Lopes irá substituir Valdir Barranco
Braço direito de Wellington conquista vaga
Cobrando justiça
Tenente-coronel Rubia

Últimas Notícias
15.08.2020 - 15:49
15.08.2020 - 14:03
15.08.2020 - 14:00
15.08.2020 - 10:36
15.08.2020 - 09:07




Informe Publicitário