05 de Agosto de 2021

Deputado Dilmar Dal Bosco é denunciado em mais uma ação da Rota Final  | MUVUCA POPULAR

 

POLÍTICA Quarta-feira, 21 de Julho de 2021, 12h:24 A | A

FECHANDO O CERCO

Deputado Dilmar Dal Bosco é denunciado em mais uma ação da Rota Final


redacaomuvuca@gmail.com

Dilmar quarta.jpeg

 

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), líder do Governo Estadual na Assembleia Legislativa (ALMT), foi denunciado mais vez no âmbito das investigações da Operação Rota Final.

A denúncia foi feita pelo coordenador do Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco), Domingos Sávio. Sendo que as investigações se encontram na Turma de Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), sob a relatoria do desembargador Marcos Machado.

De acordo com as investigações, que foram iniciadas em 2015 pela Delegacia Fazendária (Defaz), apontaram, à  época, a existência de um cartel objetivando afastar empresas da licitação para o Transporte Intermunicipal em Mato Grosso.

O objetivo é confirmar a existência de um cartel que tentava afastar empresas da licitação para o Transporte Intermunicipal do Estado. Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), ocorreram pagamentos de vantagens para que grupos deixassem de disputar a licitação pública.

Na época, as empresas Jundiá Transportadora Turística Ltda e a empresa Ônibus Rosa Ltda desistiram da outorga e assinatura de contrato de concessão no período da convocação.

Sendo que, interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça comprovariam o envolvimento de Dilmar Dal Bosco, Pedro Satélite, e do então secretário de Infraestrutura e Logística da época, Marcelo Duarte, além de empresários e servidores da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Ager-MT). Entre os possíveis crimes praticados estão corrupção, fraude em licitação e sonegação fiscal.

Essa é a segunda denúncia oferecida contra Dilmar Dal Bosco no âmbito da Rota Final. A Justiça acatou o pedido de bloqueio contra Dilmar  neste mês no valor de R$ 5.173.260,80. O parlamentar ofereceu uma fazenda para a justiça. Já o ex-deputado Pedro Satélite, e seu filho Andrigo Wiegert, o pedido de indisponibilidade de bens móveis, imóveis e valores monetários é de R$ 10.273.749,44.


COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Olirio Neto - 21-07-2021 17:57:53

Líder do governo, gente finíssima da melhor qualidade, probo, íntegro.... Se fuçar mais um pouco, podres vão encontrar !!! Típica roupagem de político

Responder

2
0


Carmolino - 21-07-2021 15:39:06

POR ISSO QUE MEU PAI SEMPRE FALAVA QUE O ÚNICO LUGAR PARA OS POLÍTICOS CORRUPTOS DO ERÁRIO PÚBLICO É NO PRESÍDIO FEDERAL.

Responder

2
0


2 comentários





Denuncie no muvuca popular

Email: redacaomuvuca@gmail.com / Tel: - (65) 3359-0112 - Whats: (65) 9.8167-8899

Edifício Helbor Dual, Sala 1314, cuiabá / MT 78048250

Todos os Direitos Reservados - Muvuca Popular - 2021