05 de Agosto de 2021

Deputado mato-grossense está entre investigados por espalhar notícias falsas  | MUVUCA POPULAR

 

POLÍTICA Quarta-feira, 21 de Julho de 2021, 14h:25 A | A

CPI da Covid

Deputado mato-grossense está entre investigados por espalhar notícias falsas

Lista tem o nome de 26 políticos


redacaomuvuca@gmail.com

Medeiros II.jpeg

 

O deputado federal por Mato Grosso José Medeiros (Podemos) está entre os 26 políticos investigados pela CPI da Covid por disseminar fake news sobre a pandemia nas redes sociais. A lista foi divulgada nesta quarta-feira (21) pelo site Congresso em Foco.

O parlamentar mato-grossense está entre os disseminadores de uso de medicamento sem eficácia comprovada para o vírus. Medeiros também divulgou vídeo editado que retirava a frase “E daí?”, dita pelo presidente Jair Bolsonaro ao reagir quando o Brasil atingiu 5 mil mortes pela Covid-19.

A lista foi produzida pelo grupo de 41 voluntários que o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), arregimentou e que atuam na busca de informações na internet, especialmente para checar dados. O objetivo é verificar suas responsabilidades na disseminação de ideias falsas ou distorcidas sobre a pandemia.

Os técnicos da CPI observam que há grande coincidência da maioria dos nomes que também aparecem nas investigações da CPI das Fake News e dos atos antidemocráticos apurados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Entre eles, do próprio Medeiros e dos filhos do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), da deputada Bia Kicis (PSL-DF) e do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Além de apoiadores do atual Governo, a lista dos disseminadores de fake news cita também alguns políticos de oposição, como as deputadas federais Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Erika Kokay (PT-DF).

A CPI da Covid também investiga a origem de 68 perfis na internet, com milhares de seguidores, que espalharam, por exemplo, notícias amedrontadoras sobre vacinas e outras notícias falsas.

Veja a lista completa:

Carla Zambelli (PSL-SP)

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ)

Osmar Terra (MDB-RS)

Coronel Tadeu (PSL-SP)

Aline Sleutjes (PSL-PR)

Caroline de Toni (PSL-SC)

Carlos Jordy (PSL-RJ)

Fábio Faria (ministro das Comunicações)

Luiz Philipe de Orleans e Bragança (PSL-RJ)

Onyx Lorenzoni (ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência)

Bia Kicis (PSL-DF)

Paulo Eduardo Martins (PSC-SP)

Erika Kokay (PT-DF)

Sâmia Bomfim (PSL-SP)

Daniel Silveira (PSL-RJ)

Marcelo Freixo (PSB-RJ)

Marco Feliciano (PSC-SP)

Capitão Derrite (PP-SP)

Marcio Labre (PSL-RJ)

Vitor Hugo (PSL-GO)

Gleisi Hoffmann (PT-PR)

Hélio Lopes (PSL-RJ)

Alê Silva (PSL-RJ)


COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 22-07-2021 08:15:02

Pois é, aproveitando o comentário do J A Silva, será que é CENSURADO quem alertar que a Humanidade tá sendo usada como Cobaia das Vacinas? Ainda não entendem patavina de Covid, quanto mais de Vacinas. Ainda não explicaram pra nós Qual é realmente a diferença de uma vacina pra outra. Uma turma de cientistas revelou que o Covid é um RNA que desorganiza a genética da pessoa...então algumas vacinas também são outro RNA, pra reorganizar o que o Covid desorganizou...a batalha é de RNA X RNA. Como somos todos "analfabetos funcionais", nem sabemos o que é RNA, tamos tomando as vacinas rindo. Se ela vai programar ou desprogramar nosso código genético? Saberemos mais tarde. Geralmente somos os últimos a saber mesmo. Alguns sites nacionais e internacionais já relatam anomalias das vacinas, por exemplo, Mamografia detectaram inchaço devido à vacina contra Covid. Que anomalias, reações, efeitos colaterais, mais vão aparecer? Uma coisa é certa: se aparecer, Ninguém vai se responsabilizar. É que NINGUÉM (pessoa) não nasceu ainda. Se o negócio complicar, vão jogar a culpa no Bolsonaro, uai. As reações, efeitos colaterais, envolvendo RNA, Genética, etc, aparecem lá na frente.

Responder

1
2


J A Silva - 21-07-2021 15:59:55

Pois é isso! Aqui no BRASIL, quem ousar dizer, fazer algo em prol ou se manifestar simpatizante de causas BOLSONARISTAS corre esse risco: ser perseguido pelo poder judiciário! EU TOMO IVERMECTINA, TOMO HIDROXICLOROQUINA, AZITROMICINA, CAFÉ, LEITE, MAS NÃO TOMO ESSES VENENOS DENOMINADOS DE VACINAS! MUITOS, MAS MUITOS MESMO QUE TOMARAM NÃO DESENVOLVERAM OU CRIARAM, NO ORGANISMO , OS ANTICORPOS! POR QUE? PROVAVELMENTE FORAM VACINADOS COM PLACEBO OU MESMO ÁGUA!

Responder

1
3


Maque - 21-07-2021 15:36:55

Pois é... Ganham a baba que pagamos pra ficar de fofoca nas redes. Enquanto isso, o Brasil afunda, a população padece, mais de 540 mil já morreram, mas nada comove essas "peças" a trabalhar em um projeto nacional que favoreça de verdade a população. Estão mais preocupados em se manter no poder a qualquer custo.

Responder

3
0


Carlos Nunes - 21-07-2021 15:16:48

Pois é, as palavras proibidas no Brasil: tratamento precoce ( virou palavrão)...hidroxicloroquina ( quem ousou dizer quase foi preso)...ivermectina (outro palavrão). Quem provou que a hidroxicloroquina dava certo no Tratamento Precoce do Covid foi o médico francês DIDIER RAOUT. Como ele descobriu isso? Só ele sabe. Teria que perguntar pra ele, uai. Dr. ZELENKO aperfeiçoou o método do Dr. DIDIER...e Dr. MARCOS DA AMAZÔNIA aperfeiçoou dos dois. Teria que avaliar na prática Quantas pessoas eles conseguiram curar? Os 3 afirmaram que o Tratamento Precoce é necessário, pois depois que o Covid tomar conta, é tarde demais... a pessoa termina Entubada, jogada numa UTI, e fica com 1 pé na cova. Dra. ELNARA MÁRCIA NEGRI, abrindo cadáveres de pessoas mortas pelo Covid, encontrou pulmões cheios de sangue, com os alvéolos pulmonares bloqueados por coágulos. ..Começou a aplicar nos pacientes o anticoagulante Heparina, e curou diversas pessoas. Dr. MARCOS, no vídeo "Dr. Marcos da Amazônia. Vidas foram curadas. ", relata isso, e usou no seu Protocolo essa descoberta da Dra. Elnara. Por que não deixaram usar a Hidroxicloroquina e a Ivermectina? Relembrando que, no caso da Ivermectina, pesquisadores da Universidade da Austrália foi quem descobriram que seu uso, no Tratamento Precoce, diminuia a replicação do Covid em 95%. O que matou mais foi a replicação rápida do Covid...diminuindo a replicação, salvava mais pessoas. Pois bem, as más línguas (e as boas também) disseram que a hidroxicloquina e a ivermectina só não foi adotada porque nenhum laboratório Internacional bilionário é dono de suas patentes. Custavam baratinho, baratinho...No final de 2019 pesquisei nas farmácias de Cuiabá Quanto custava uma caixa de ivermectina...a com 4 comprimidos custava sete reais. Diziam os pesquisadores australianos que podia impedir a replicação do Covid em 95%. Conheço uma família composta de marido, esposa e sogra, que pegaram o Covid...o marido tomou a Ivermectina nos primeiros dias e ficou curado. Já a esposa e a sogra dele recusaram tomar, porque a Globo falou que não tinha comprovação científica, foram parar na UTI, e morreram. O vírus replicou rapidamente. O cara ficou viúvo e sem sogra. Era melhor terem tomado.

Responder

1
4


4 comentários





Denuncie no muvuca popular

Email: redacaomuvuca@gmail.com / Tel: - (65) 3359-0112 - Whats: (65) 9.8167-8899

Edifício Helbor Dual, Sala 1314, cuiabá / MT 78048250

Todos os Direitos Reservados - Muvuca Popular - 2021