Empresários cobram maior atuação da PM diante de roubos em Tangará  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

POLÍTICA Segunda-feira, 11 de Novembro de 2019, 15h:46 | - A | + A




Constantes roubos

Empresários cobram maior atuação da PM diante de roubos em Tangará

Farmácias têm sido alvos constantes dos bandidos


redacaomuvuca@gmail.com

 Foto: Reprodução 

Os donos de farmácias em Tangará da Serra (cidade a 241km de Cuiabá) cobraram da Polícia Militar (PM), que tem o dever constitucional de preservar a ordem pública, de proteger pessoas e o patrimônio, uma maior atuação para que não ocorram roubos como vem acontecendo frequentemente na cidade.

Em resposta, o comando geral da 19º BPM afirmou que aconteceram oito roubos em farmácias, no período de janeiro a outubro, sendo que em dois deles os criminosos foram presos em flagrante pela PM. Já em outros três casos, a Polícia Civil (PC) identificou que foi o mesmo criminoso que cometeu os roubos, sendo que o meliante foi preso.

Entretanto, conforme dados da Polícia Civil ainda existem três casos sem resolução. Nesse sentido, a sensação de insegurança ainda continua na cidade. "Existe um período no ano que os atentados as drogarias ficam muito evidentes. Isso acontece há cerca de três anos, e cada farmácia sofre de dois a três assaltos em um único ano",  relatou uma empresária ao emanuelzinho

Até porque, como foi informado pela Polícia Militar, os criminosos que foram presos já estão soltos e respondem pelo crime em liberdade, o que preocupa os empresários que estão suscetíveis a serem roubados mais uma vez.

Os empresários da região acreditam estarem sendo vítimas de uma espécie de "gang", que só cometem assaltos em farmácias. "Eu acredito que não sejam os mesmos bandidos, porque eles foram presos, mas devem ser do mesmo grupo, pois eles só roubam farmácias”, alegou um comerciante. 

Além disso, a população afirma ser necessário a realização de rondas noturnas pela cidade, não só pelas farmácias, mas também pela alta taxa de criminalidade que o município vem enfrentando. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 12-11-2019 08:02:40

Em resposta ao Decepção, que citou meu nome...no meu comentário, só citei que a bandidagem não vai mais ser presa, ou vai? Claro que não. Agora só se condenados na última instância. Primeiro começa pela primeira instância, depois vai pra segunda, passa pra terceira, segue até chegar ao Supremo. A não ser, que seja bandido pobre...aí não tem advogado pra mexer no processo e fazer correr o processo. Mas a regra é clara agora...ninguém pode mais ser preso, se o processo não for transitado e julgado...isto é, passado por todas as instâncias. Esse presente quem nos deu foi tio Tofolli...aí, tio Datena, na entrevista com ele no dia da votação, disse: A História vai cobrar esse voto dele a favor de soltar corruptos, bandidos, condenados na segunda instância. Quanto à Tangará...a polícia vai atrás da bandidagem, prende, aí vê essa decisão do Supremo, e tem que soltar, pois o que vale pra um, deve valor pra todos, pois se não valer pra todos, será uma grande Injustiça...aí, que a Justiça ficará desmoralizada. Abriram a porta da cadeia pro tio Lula, e junto com ele pra bandidagem toda. Já saíram tio Dirceu, tio Vacari, tio Delúbio...O advogado do tio Sérgio Cabral tá preparando a peça jurídica pra ele sair também. Tá certo, se saiu tio Lula, tem que sair tio Cabral também. E viva o Cabral!

Responder

1
0


Decepção - 12-11-2019 04:45:51

Esse Carlos Nunes aproveita qualquer situação para falar de sua ideologia, como sempre pago para defender o bolsonarismo. Queria muito ver se ele tem alguma ideia para apresentar a seu presidente para resolver os altos índices de violência em Tangará ou em qualquer outra cidade do Brasil, porque a violência só aumentou nesses 8 primeiros meses de mandato do Bolsonaro, e não adianta fazer arminha que não resolve nada...

Responder

0
0


Carlos Nunes - 11-11-2019 16:29:11

Ih! A bandidagem vai ser solta logo...só pode ir pra cadeia AGORA na última instância...começa com a primeira, passa pela segunda, vai pra terceira e continua até chegar no Supremo que dá a sentença final. Se isso vale pro tio Lula, que segundo os delatores passou a mão na propina...vale pra toda bandidagem. Se não valer...é uma tremenda Injustiça. Quem rouba MILHÕES OU BILHÕES não vai preso...só vai pobre, p... e p...? Retrocedemos.

Responder

3
0


3 comentários

coluna popular
Parte será destinado à creche Irmã Hylda
Apostou em favor de Selma
Um mês e meio de férias
Benedito Pedro Dorileo era professor e escritor
Gestão eficiente

Últimas Notícias
13.12.2019 - 19:02
13.12.2019 - 18:25
13.12.2019 - 17:53
13.12.2019 - 16:45
13.12.2019 - 15:38




Informe Publicitário