Enquanto casos de Covid aumentam em MT, deputada critica votação da previdência | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 03 de Julho de 2020, 18h:04 | - A | + A




Regresso

Enquanto casos de Covid aumentam em MT, deputada critica votação da previdência

PEC foi aprovada em primeira votação

 

 Foto: Reprodução

A deputada federal, Professora Rosa Neide (PT), teceu críticas nesta sexta-feira (3) contra a reforma da previdência administrativa que foi aprovada em primeira votação pelos deputados do Estado. Uma das mais relevantes mudanças sugeridas no novo texto é o aumento da idade mínima de aposentadoria de 55 anos para 62 para mulheres, e de 60 para 65 anos para homens.

“Podemos realmente afirmar que estamos na contramão da história, em plena pandemia a Assembleia Legislativa de Mato Grosso votando a reforma da previdência, tirando direito conquistados dos trabalhadores e trabalhadores. ”, afirmou a deputada em postagem nas suas redes sociais. Na proposta, a nova idade mínima de aposentadoria para quem ingressar nos cargos de serviço público será de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres. Quanto às novas normas sugeridas para quem já é funcionário público, são chamadas de regras de transição, são duas, uma que trata por pontos a combinação de idade mais o tempo de contribuição e a outra que trata especificamente do tempo de contribuição que exige uma idade mínima de 60 anos para homens e 57 para mulher, e um pedágio para o tempo que faltar de contribuição de 100%. Entretanto, a professora afirmar que essas novas regras são injustas para quem já trabalhou há tanto tempo servindo o Estado.

“Quando cada trabalhador entrou no serviço público, entrou com uma legislação, entrou e trabalhou, não tem FGTS guardado, não tem alguns direitos que a previdência privada dá para os trabalhadores do setor privado, mas fez um planejamento e vida e depois de 30, 35 anos de trabalho prestados a este estado vê os seus direitos sendo retirados. ”, disse a Rosa Neide.

A deputado ainda completou dizendo que estamos em um momento que o mundo todo repensa a carga horário de trabalho, tempo de trabalho em relação a estimativa de vida que os seres humanos têm hoje em dia e que é necessário dar oportunidade aos jovens que estão para ingressar no mercado, e neste sentido, não só o Estado de Mato Grosso, mas o Brasil todo dá um passo atrás.

Votada nesta quinta-feira (2) a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 06/2020 ainda pode receber alterações antes de ser validada em segunda votação pela ALMT. A proposta contou com 17 votos favoráveis e apenas 6 contrários, de acordo com o MT Prev, o texto da PEC do estado é compatível com o texto da Emenda Constitucional 103, promulgada em novembro de 2019 pelo Congresso Federal.

Veja o discurso abaixo:

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(7) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Jedae - 07-07-2020 17:54:41

Não comentarei nada sobre esse assunto, estou apenas apreciando como esquerdista é idiota... Inteligente é que não podia ser... Mas subestimei o grau de idiotice! O que vale é que logo JB estará bem... PS.: Não é pra você é claro! É para os esquerdistas que estão torcendo para o vírus! Que gente mais BUUUUURRRRRAAAAA!

Responder

0
0


Fabio - 06-07-2020 10:08:47

DePuTada durante esses 18 meses que a senhora esteve Deputada não vi em nenhum meio de comunicação, sequer uma unica emenda para MT. Tá palpitando o que?????

Responder

0
0


alexandre - 04-07-2020 22:49:22

É o material escolar dos índios e quilombolas ?

Responder

5
3


Benedito costa - 04-07-2020 16:13:03

Ala da esquerda se preocupa com problemas de saúde? Ala de esquerda preocupa com o corporativismo, salários de servidores, ala da esquerda nao preocupa com doença, não preocupa com a corrupção visto que o trunfo é justamente isso pra se se manter no poder.

Responder

3
6


Bolão - 04-07-2020 09:13:30

Logo logo abrirão as portas da senzala e as pessoas voltarão a trabalhar em troca de um prato de comida! Esse é o sistema da direita conservadora Brasileira! Covarde! Não deram conta de administrar o País, desemprego nas alturas, abandono na saúde e na educação. Logo vemos a República sendo corroída pelo anarcocapitalismo liderado pelo Bozo e sua trupe! Querem transformar o Brasil no morro do Rio de Janeiro governado pela milícia, pastores evangélicos e a burguesia. Ou seja ausência do Estado e cada um por si! Logo com isso a sociedade brasileira retrocederá muitos anos na história da humanidade por adotar um sistema falido e arcaico. Fora Bolsonaro! Fora Mauro Mendes e toda a sua corja!

Responder

7
4


olavo - 05-07-2020 01:49:54

EITAAAAA bobão, na sua cabeça bolsonaro tá a 16 anos governando o brasil né, pelo amor de Deus, como vc pode ser tão energumeno assim, devia ter vergolha na cara, 16anos de PT e a Educação é uma BOSTA!!!!! Desemprego nas ALTURAS!!!! Brasil no PISA perde pra BOLÍVIA!!!! PT acabou com os empregos! crescimento mentiroso em cima de desconto de IPI, em cima de Desoneração de folha de pagamento, e a conta veio o povo perdeu o emprego, pq não ouve crescimento era tudo mentira, os Bancos nunca ganharam tanto dinheiro como na era PT, juros nas ALTURAS!!! bancos se fartando e deitando e rolando, malas e malas de proprinas e lavagem de dinheiro no brasil inteiro, 9 anos pra fazer o desvio do rio são francisco, robalheira nessa olha que era, pra durar 3 anos levou 9, custo de 4 bilhões virou 30 bilhões!!! ROUBARAM PRA CARALHO.!!!! TÁ AI O LULA QUIS CONTRUIR ESTADIOS DE FUTEBOL, E NÃO CONSTRUIU HOSPITAIS TÁ AI A MERDA FEITA, VCS SÃO GENOCIDAS!!! CULPADOS POR TODAS ESSAS MORTES!!!

Responder

3
1


Fabio - 03-07-2020 20:35:32

Tá normal. Esquerda sendo esquerda.

Responder

4
10


7 comentários

coluna popular
Revezamento entre presencial e teletrabalho
Eleição municipal
Segunda votação antes de ser sancionada
Antigos jargões entram em cena
“Retorno às origens”

Últimas Notícias
12.08.2020 - 19:00
12.08.2020 - 18:33
12.08.2020 - 18:00
12.08.2020 - 16:52
12.08.2020 - 15:45




Informe Publicitário