Secretária de Educação é processada por calote contra plano de saúde | MUVUCA POPULAR

Sábado, 24 de Agosto de 2019

POLÍTICA Sexta-feira, 19 de Julho de 2019, 19h:01 | - A | + A




Dívida Antiga

Secretária de Educação é processada por calote contra plano de saúde

Marioneide Angelica Kleimascheuesk deve R$ 5 mil ao Affemat-Saúde


redacaomuvuca@gmail.com

A secretária Marioneide Angelica Klimachewisk, da pasta da Educação (Seduc), está sendo processada por calote contra o plano de saúde da Associação dos Servidores da Fazenda. O plano se chama “Affemat-Saúde”, e o valor da dívida é de R$5,2 mil.

A inadimplência não foi negada por Marioneide Angelica, e ela assinou um instrumento de confissão e parcelamento da dívida ainda em 2014. Mas não pagou. Isso levou a Affemat-Saúde a cobrar a dívida na Justiça.

A dívida foi reconhecida em sentença judicial, e o valor atualizado para R$7,9 mil em dezembro de 2017. O débito poderia ser pago com o adiantamento de 30% do montante, e o restante em até seis vezes. A oferta aparentemente foi recusada, ou ela não soube dessa decisão judicial.

A Justiça mandou publicar edital por que não foi encontrada pelo oficial de justiça. Curioso que sendo servidora pública, professora e diretora escolar, o seu endereço poderia ser informado pela Prefeitura ou pelo Governo Estadual.

A juíza Vandymara Galvão Ramos Paiva Zanolo mandou realizar buscas no sistema de veículos (Renajudna última terça-feira (16), mas encontrou apenas um veículo financiado, ou seja, que ainda pertence a banco. Hoje (19) foi autorizada a busca por dinheiro (Bacenjud) para se chegar ao valor de R$9,1 mil.

O próximo passo, caso a dívida não seja paga, será o bloqueio de parte da sua remuneração. O que será outra dificuldade para Justiça. O salário como professora da Prefeitura de Cuiabá é de R$7,5 mil bruto, e após descontos cai para R$2,2 mil. Já a verba comissionada como secretária de Estado (Seduc) é de R$5 mil líquido.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Professora indignada - 20-07-2019 21:16:54

Ooo criatura obtusa, qual brasileiro, trabalhador, professor, arrimo de família, que nunca teve uma dívida ou passou por dificuldades financeiras? Ou mais, teve boa parte de seu salário comprometido com consignados??? Quem? Somente os abastados ou aqueles que se locupletam ilicitamente. Seria de estranhar o contrário, que uma professora tivesse uma vida incompatível com o que ganha e esbanjasse dinheiro por aí. Infelizmente nosso país não remunera adequadamente seus professores e infelizmente muitos brasileiros passam por situações difíceis na vida. Todos vão virar notícia???!!! Entra no site do Serasa e veja as estatísticas. A coisa está feia para nós, reles mortais. Hipócrita quem disser que não! E o senhor deveria se envergonhar do tipo de "jornalismo" que faz, sem qualquer profissionalismo, um desserviço para a população. Não encontrou nada que a desabonasse como profissional e invadiu a esfera pessoal. Aff. Piedade. Vergonha no débito e no crédito de um trabalho desses. A via para cobrança é a judicial e pelo visto já foi adotada, e com juros, como o senhor mesmo disse. Vai fazer o seu trabalho, pelo amor de Deus, e deixe a vida pessoal dos outros. Os amores e as dores de cada alma devem ser respeitados.

Responder

6
4


Professora mais indignada ainda - 21-07-2019 10:00:18

O comentário da pessoa que assina como 'professora indignada' acima, tenta misturar alhos com bugalhos, para confundir, Não se está falando dos professores, que inclusive estão nas ruas do estado pedindo 'esmola' por conta da atuação dessa caloteira. Aliás, ela está no patamar de gestora, secretária de governo, não é nenhuma coitadinha, tem salário de marajá, motorista, passagens aéreas, segurança, etc, etc... O trabalho jornalístico deste site é perfeito, à medida que trata de questões envolvendo pessoas públicas, no caso dela a gestora do maior orçamento do governo, que se dá calote no particular isso reflete em sua vida pública. Também não é nenhuma coitadinha, ganha muito bem e, deveria, no mínimo, dar bom exemplo. A propósito, talvez seja a própria quem fez este comentário..

Responder

5
4


Ze - 19-07-2019 23:20:31

Strike !!!

Responder

5
0


Fessora - 19-07-2019 20:36:02

Isso por acaso é uma série, Muvuca? Cada dia vc derruba acasa de um secretário! Kkkkkkkkkkk pegando a pipoca em 3 .. 2... 1

Responder

12
1


Paquetá - 19-07-2019 20:12:51

Faz tempo que dizem que essa fulana desperta dúvidas! Que nível de secretários o sr. MAUro Mendes tem! Caloteiros igual ao próprio governador! Essa turma do PT, a secretária e uma deputada federal é a ralé desse povo! SIMPLESMENTE UMA VERGONHA AO GOVERNO DO ESTADO, AO ESTADO E A SEU POVO! UM TAPA NA CARA DA POPULAÇÃO, QUE QUEM DEVERIA SERVIR, PRATICA ESSE TIPO DE COISA! SERÁ QUE ESSA SENHORA NÃO TEM UM MÍNIMO DE BRIO, DE MORAL?

Responder

8
12


Fessora - 19-07-2019 22:36:15

KkkkKKKKKKKKKK???????? sr./sra "paqueta" será que não está ' equivocado???? Essa secretária PETISTA????? Duvido muuuuiiiiiiiiito!!! Evidencia, quando falas, atitudes, e postura, extrema direita

Responder

7
1


6 comentários