23 de Setembro de 2021

Funcionários da Santa Casa estão há 2 anos sem receber  | MUVUCA POPULAR

 

POLÍTICA Quarta-feira, 15 de Setembro de 2021, 13h:41 A | A

Direitos trabalhistas

Funcionários da Santa Casa estão há 2 anos sem receber


redacaomuvuca@gmail.com

 

Os funcionários da antiga Santa Casa de Cuiabá estão há mais de dois anos sem receber os direitos trabalhistas das rescisões, depois da 'novela' que foi para que conseguissem o pagamento dos salários atrasados. A situação foi denunciada pelo deputado estadual Lúdio Cabral (PT). 

"O governo estadual tem que fazer aporte de recursos que permitam quitar o quanto antes essa dívida com os trabalhadores, que ultrapassa R$ 31 milhões. No ritmo de aporte atual, levaria oito anos pra que eles recebessem todos os direitos", disse o parlamentar. 

Em agosto deste ano, o Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) homologou um acordo entre o Governo do Estado de Mato Grosso e a Sociedade Beneficente Santa Casa de Misericórdia para reajuste dos valores pagos pelo uso das instalações do hospital de Cuiabá. O dinheiro será usado no pagamento de parte dos direitos de 855 trabalhadores com ações judiciais em tramitação.

Historico 

Os trabalhadores da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá ficaram sem receber salários no período de outubro de 2018 a abril do ano seguinte. Segundo os administradores do hospital, o atraso se deu por dificuldades financeiras ocasionadas pelo não repasse de recursos pelo Poder Público. A crise levou ao fechamento da unidade de saúde, em 11 de março de 2019.

Dois meses depois, em maio, o Governo do Estado assumiu o controle das instalações após a edição de um decreto de requisição administrativa de bens e serviços. Desde então, as instalações têm sido geridas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), que opera, no local, um hospital público estadual.

Em 10 de julho de 2019, após várias audiências, a Justiça do Trabalho homologou um acordo para pagamento dos salários. Por meio dele, o Governo do Estado realizou a antecipação de quase 11 milhões de reais para quitação dos salários em atraso. À época, as articulações envolveram, inclusive, a Assembleia Legislativa, que destinou 3,5 milhões de seu duodécimo. Apesar da quitação dos salários, ficou pendente de pagamento outras dívidas, em sua maior parte referentes às verbas rescisórias dos empregados dispensados pelo hospital.

Outro lado: 

O Muvuca Popular entrou em contato com a assessoria de imprensa da SES, porém ninguém atendeu ou retornou nossas ligações. 


COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

João - 15-09-2021 23:57:54

Pra vcs verem como o estado é inútil

Responder

0
0


Alberto - 15-09-2021 23:55:38

quem vai pagar??

Responder

0
0


Ramundo - 15-09-2021 23:53:33

Cada povo tem o governo que merece.

Responder

0
0


3 comentários





Denuncie no muvuca popular

Email: redacaomuvuca@gmail.com / Tel: - (65) 3359-0112 - Whats: (65) 9.8167-8899

Edifício Helbor Dual, Sala 1314, cuiabá / MT 78048250

Todos os Direitos Reservados - Muvuca Popular - 2021