Gallo desmente governador e diz que Estado possui recursos suficientes para pagar 13º salário  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

POLÍTICA Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019, 16h:20 | - A | + A




MENTIROSO

Gallo desmente governador e diz que Estado possui recursos suficientes para pagar 13º salário

Mendes disse em entrevista que não poderia garantir o pagamento aos servidores estaduais


redacaomuvuca@gmail.com

Governador do Estado - Mauro Mendes (DEM) e Secretário de Fazenda - Rogério Gallo I Foto: Reprodução

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, desmentiu o governador do Estado Mauro Mendes (DEM), na tarde desta sexta-feira (23). Enquanto o chefe do executivo grita aos quatro ventos que Mato Grosso não possui recursos suficientes para efetuar o pagamento do 13º salário dos servidores estaduais, o ex procurador-geral garante que pagamento deve ser efetuado ainda este ano.

Durante entrevista ao programa televisivo, Bom Dia MT, o governador disse que o atraso do 13º salário seria em decorrência a ausência do repasse do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).  

“Temos intenção, vontade e estamos trabalhando para isso, mas depende muito da arrecadação. Não dá para afirmar neste momento que sim ou que não, mas estamos trabalhando para buscarmos de todas as formas possíveis recursos para que em dezembro nós tenhamos o dinheiro para pagar o 13º", disse.

No entanto, Gallo garantiu que caso o empréstimo do Banco Mundial seja aprovado, o salário dos servidores não estará em risco. O secretário ainda chegou a ressaltar a possibilidade de adiantamento do benefício.

"Talvez se nós tivermos os recursos disponíveis conforme há uma possibilidade em outubro, talvez com um adiantamento desse 13º, uma parte desse 13º ser paga nesse mês. Entre outubro, início ou final de outubro, mas isso vai depender do comportamento da receita. O certo mesmo é que nós teremos condição e vamos honrar”, declarou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(5) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

pardal - 24-08-2019 15:50:07

Só para lembrar, que pagar 13 salário em novembro e dezembro é LEI. E não depende da boa vontade de político e nem de governador de Estado. Se não pode dar improbidade administrativa.

Responder

13
0


Enoque - 25-08-2019 06:37:53

Esse governador só sabe falar não não e não! Haja paciência! Parece que o Galo está mudando de atitudes e falando a verdade! Tomara!

Responder

4
0


Helio Silva - 24-08-2019 11:23:20

Fazem parte da mesma feijoada.

Responder

9
1


Karlos - 24-08-2019 08:59:07

só pra lembrar aos incautos a PALAVRA FINAL É DO GOVERNADOR......... afinal de contas os dois se merecem e não consequi enxergar o que a reportagem mencionou no título da matéria........menos muvuca

Responder

1
9


Vânia Neves - 24-08-2019 07:49:06

Eu acho que ele não desmentiu, ele falou caso o empréstimo seja aprovado, e se não for? O governador está sendo ético e consciente só isso, mas se der certo, tenho certeza que o primeiro a anunciar é o governador.

Responder

1
15


5 comentários