Grupo preso pela Defaz operava desde 2016 | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

POLÍTICA Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019, 08h:44 | - A | + A




Nove presos em MT

Grupo preso pela Defaz operava desde 2016

Ao todo, foram encontradas 6.400 notas envolvidas no esquema de fraudes

 Foto: divulgação

Delegacia Fazendária (Defaz) apontou que o esquema de notas falsas, apesar de desarticulado nesta quarta-feira (9), vinha ocorrendo pela autoria do mesmo grupo desde 2016. Mas, durante a investigação, há indícios de fraudes ocorridas em 2014.

As informações são do delegado Sylvio do Vale Ferreira, que comanda as investigações e também do secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo. “Ao todo, foram encontradas 6.400 notas envolvidas no esquema de fraudes”, disse o delegado.

Ele informou ainda que há diversas frentes de trabalho em atuação e que novas operações devem acontecer em um curto período.   “Outras ações que miram em crimes de sonegação já estão em andamento. Temos o foco em combater esses crimes”, explicou. Além dos 9 mandados de prisão que foram cumpridos em Cuiabá, além dos municípios de Barra do Bugres, Canarana, Campo Novo dos Parecis, Juína e Sorriso.

No interior, havia um núcleo que ofertava os ‘serviços’ para empresas e produtores rurais. Também foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão.

“Coletamos um vasto material e descobrimos ainda outras empresas que a investigação não havia apontado. Então, vamos autuar não só as empresas, mas também os beneficiários, para ressarcimento dos cofres públicos”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Teodorico Montemayor - CP-45 - 10-10-2019 09:05:29

Estou quase concordando com o advogado que foi preso! Justamente preso, pois suas alegações são falácias, mas a DEFAZ e a SEFAZ estão fazendo quase um teatrinho! Isso acontece por negligência do governo e da própria SEFAZ que vem e há tempos, desmontando o aparato do fisco estadual! Seja por falta de pessoas ou desmonte da parte física e material. Parece que até que de propósito para benefícios de alguns! E não fiscos estaduais, bem como o municipal e federal, visto aí a ingerência vergonhosa e absurda contra a RECEITA FEDERAL!@

Responder

2
0


1 comentários