Juiz arquiva ação e mantém multa a Abílio por propaganda irregular  | MUVUCA POPULAR

Sábado, 23 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2021, 12h:01 | - A | + A




PROPAGANDA ELEITORAL

Juiz arquiva ação e mantém multa a Abílio por propaganda irregular

Magistrado não acolheu os argumentos da apelação


redacaomuvuca@gmail.com

 

O juiz Geraldo Fidelis, da 1º Zona Eleitoral de Mato Grosso, arquivou ação e manteve multa a ser aplicada aos candidatos à Prefeitura de Cuiabá, Abílio Junior (Podemos) e Felipe Wellaton (Cidadania). Ambos tinham recorrido de uma condenação proferida pelo juízo, mas o magistrado não acolheu os argumentos da apelação.

O prefeito reeleito, Emanuel Pinheiro (MDB), foi quem moveu a ação, por conta de uma propaganda eleitoral veiculada em 26 de novembro, semana anterior ao segundo turno das eleições 2020.

Nas imagens, Abílio e Wellaton não teriam citado dados obrigatórios de pesquisa divulgada na peça publicitária que demonstrava vantagem sobre o adversário. Além disso, a dupla teria “atacado a honra” do emedebista.

A decisão de Fidelis foi favorável, na época, ao atual prefeito. Pois, além da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Paletó, os demais fatos narrados pelos oponentes não tinham fundamentação concreta. A multa aplicada pela irregularidade foi de R$ 26.602,50 para cada um deles.

Insatisfeitos com o resultado, ambos recorreram e pediram a nulidade da decisão. Mas o juiz negou em decisão do dia 12 de janeiro.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Aluguel pelo dobro do preço
Confira a votação e participe
Em 2022
Por conta da Covid-19
Prática ilegal

Últimas Notícias
22.01.2021 - 21:51
22.01.2021 - 20:47
22.01.2021 - 19:53
22.01.2021 - 19:00
22.01.2021 - 18:12




Informe Publicitário