Justiça determina que fazenda de Silval Barbosa continue desocupada | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019

POLÍTICA Domingo, 20 de Outubro de 2019, 15h:52 | - A | + A




Acordo de delação

Justiça determina que fazenda de Silval Barbosa continue desocupada

Ex-governador teve seu pedido de reintegração de posse negado e imóvel deve continuar como acordo de delação


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução

O ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, teve um pedido de reintegração de posse indeferido pelo Ministério Público do Estado (MPE), no dia 17 outubro. A recomendação teria sido do Promotor de Justiça, Carlos Eduardo Silva.

O ex-parlamentar estava tentando barrar a desocupação de uma fazenda que foi entregue durante acordo um de delação premiada.

O magistrado Carlos Roberto Barros de Campos aguardava justamente a manifestação do Ministério Público para decidir sobre a questão.

Após a homologação da colaboração e veiculação na mídia, ocorreram duas grandes invasões no imóvel, em 24 de dezembro de 2017, por parte do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Também consta como dono da fazenda Serra Dourada o irmão de Silval, Antônio Barbosa. A área, avaliada em R$ 33 milhões, medindo 4,1 mil hectares, foi repassada ao Estado e aguarda leilão. 

Recentemente o juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, negou pedido da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Vale do Iriri que buscava a retirar de leilão três fazendas entregues pelo ex-governador Silval Barbosa em acordo de delação premiada. Os bens somam valor de avaliação estabelecido em R$ 46 milhões.

A Associação tentou comprovar que há tramite administrativo junto ao governo de Mato Grosso para regularização da situação de 154 famílias que residem nas áreas. Na decisão, porém, Pitaluga esclareceu que a negociação para permanência das famílias se deu na gestão passa do Poder Executivo.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Emanuel - 21-10-2019 12:38:17

Deixa o poco morar lá, ele tirou moradia de muitas pessoas

Responder

0
0


Felipe - 21-10-2019 12:12:09

Agora coloquei fé no pessoal do MST KKKKKKKKKKKKKK

Responder

0
0


Esaquiel - 21-10-2019 12:11:12

Mas gente, roubando o ladrão?

Responder

0
0


Bertone - 21-10-2019 12:00:11

Vende essa fazenda e o dinheiro coloca nos cofres públicos novamente

Responder

0
0


4 comentários