Justiça Federal autoriza família de Cuiabá a plantar maconha | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 01 de Abril de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020, 11h:50 | - A | + A




Uso Medicinal

Justiça Federal autoriza família de Cuiabá a plantar maconha

Planta será utilizada para tratar esclerose tuberosa


redacaomuvuca@gmail.com

461C512A-4410-463D-93FC-6C7F790B52E8.jpeg

Foto: Reprodução

A Justiça Federal em Mato Grosso autorizou uma família de Cuiabá a plantar maconha medicinal para o tratamento do filho de 11 anos, diagnosticado com esclerose tuberosa, doença que causa diariamente inúmeras convulsões.

A decisão liminar da Justiça federal foi assinada pelo Juiz Federal Paulo Cézar Sodré, da 7ª vara criminal, na sexta-feira (21) e publicada na segunda-feira (24).

"Mostra-se suficiente reconhecer que a conduta dos pais que importem sementes de cannabis sativa geneticamente modificadas para o único fim de cultivar a planta, visando a produção de extrato imprescindível para amenizar os sintomas de grave enfermidade de seu filho, encontra-se amparada por estado de necessidade”, diz trecho da decisão.

A família chegou a obter junto ao Estado de Mato Grosso a distribuição do extrato da planta. Ocorre que a distribuição não é regular e o medicamento tem custo elevado, o que torna o tratamento ineficaz.

Conforme esclarecido no processo, a partir da planta é extraído o princípio ativo canabidiol, usado principalmente para doenças que causam convulsão.

A doença

Esclerose Tuberosa é uma doença que está no grupo das síndromes neurocutâneas, também denominadas facomatoses. É um grupo de doenças nas quais suas manifestações clínicas principais são neurológicas e dermatológicas, gerando crises convulsivas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Sargento Vidal irá assumir o cargo
Medida foi tomada devido à pandemia
Idosos estão lotando unidades
Benefício inconstitucional
Entrevistado de quarta

Últimas Notícias
01.04.2020 - 15:32
01.04.2020 - 14:30
01.04.2020 - 13:59
01.04.2020 - 13:55
01.04.2020 - 13:28


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário