“Justo o mais odiado e processado do Brasil“, disse senadora sobre Calheiros | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 17 de Julho de 2019

POLÍTICA Domingo, 14 de Abril de 2019, 11h:25 | - A | + A




Nacional

“Justo o mais odiado e processado do Brasil“, disse senadora sobre Calheiros

Renan foi no Twitter comentar a cassação de Selma

Selma

 

"Justo o mais odiado e processado do Brasil". Foi assim que a senadora Selma Arruda (PSL-MT) reagiu aos comentários do colega Renan Calheiros (MDB-AL) a respeito da sua possível perda de mandato. 

Conhecida como “Moro de saias” em seu estado, a senadora foi condenada em ação pedindo a perda dos seus direitos políticos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso por abuso de poder econômico e caixa 2 durante as eleições do ano passado. 

O mandato de Selma foi cassado por decisão unânime na última quarta-feira (10/4). No mesmo dia, Renan foi ao Twitter comentar o caso. Ele se opôs à criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) batizada de “Lava Toga”, que seria usada para investigar eventuais abusos no Judiciário. Ele disse que esse instrumento não pode ser usado para retaliar a decisão do TRE. 

“A gente fazer a CPI da Toga para impedir a cassação da juíza Selma, que infelizmente aconteceu hoje por decisão unânime, não tem nada a ver”, postou em vídeo o parlamentar alagoano. Na quinta-feira (11), ele voltou à rede social. “Contra fatos não há argumentos”, escreveu, ao falar sobre o processo. 

Neste sábado (13), a parlamentar respondeu: “Renan quer minha condenação. Justo o mais odiado e processado do Brasil. Tem gente que quando critica você, soa como elogio”. 

Selma recebeu o apoio do também senador Jorge Kajuru (PSB-GO) Selma. “Sei que os 7 votos foram de Gilmar Mendes do mesmo Mato Grosso”, escreveu Kajuru, em referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). 

“Tenho visão diferente do senador Kajuru sobre a senadora Selma”, rebateu Renan. Ele prosseguiu afirmando que, caso o Ministério Público Federal (MPF) não comprove a responsabilidade criminal de Selma, ela continuará “no mandato, em liberdade, sem tornozeleira e ainda querendo investigar STF e STJ”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(9) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Colirio - 15-04-2019 11:46:51

(P) Perversidade, (S) selvageria, (L) Lunáticos - (PSL).

Responder

0
1


alex r - 15-04-2019 10:54:57

Povo, estão indo no caminho errado. O negócio foi: Corporativismo. Selma ja tava fora do Judiciário por não bater com seus pares. Assim ao sair tendo uma bomba ( caixa 2) saiu falando em expor aos 4 ventos as sujeiras , mas não o fez . Acusou diversas pessoas e não comprovou , tentou um Desembargador também não comprovou. Sendo o Desembargador superior a uma juíza ele decretou o fim e acabou a história. Agora Pq Selma não abre a tal caixa de pandora???

Responder

1
1


Carlos Nunes - 15-04-2019 08:24:00

Em resposta ao quase xará Carlo Nunex (de novo): Quem é que vai acreditar nessa sentença do TRE/MT contra a Juíza SELMA...com o tio Saka, no seu relatório, dando de bandeja o cargo de Senador pro tio Fávaro? Quase tivemos um novo Senador...ficou no quase por um triz. Esse relatório do tio Saka, no mínimo, foi tendencioso. Como diz o ditado popular: jogou verde pra ver se colhia maduro. Os advogados da Juíza tem que ressaltar isso na apelação no TSE. Seria, se aprovado, um grande erro jurídico. Não tão nem aí com eleição, com votos...O TSE perdeu a grande oportunidade de passar a Política Brasileira a limpo, quando os delatores premiados (e foram muitos) disseram: "Sabe, aquelas doações partidárias, que entram nos TRE's carimbadas como legais, honestas...eram pagamento de propina também. Ninguém deu nada pra partido nenhum, se não recebeu algo em troca". Naquele momento o TSE era pra ter chamado todos os delatores que afirmaram isso, e mandar repetir tudo tintim por tintim: Quando aconteceu isso? Pra qual partido foi o dinheiro? Quantos milhões ou bilhões de reais? Quais foram as doações carimbadas como legais, honestas, que eram propinas? Os mais de 70 executivos delatores da Odebrecht disseram: durante mais de 30 anos, montamos um Departamento só pra correr propina...víamos quem tinha potencial pra receber propina e comprávamos o cara. Será que houve 30 anos de doações partidárias, carimbadas como honestas e legais, mas que eram propina mesmo, que entraram nos TRE's de todo o Brasil? Só os TRE's, ingênuos, é que acreditaram que eram doações honestas e legais? É muita ingenuidade, ou como diz o ditado: não enxergar 1 palmo diante do nariz. A culpa pela tragédia na política brasileira é de todos...não é só do eleitor que vota nos caras. Ainda há tempo de chamar todos os delatores premiados que disseram tudo isso, e mandar eles repetirem tudo, tintim por tintim, onde foi parar centavo por centavo de dinheiro? Isso no Brasil inteiro. Isso ia passar a política brasileira a limpo.

Responder

5
2


Carlo Nunex - 15-04-2019 10:41:41

Para não falar dos cheques clandestinos eu vou culpar o juiz. Para não explicar a venda da vaga de suplente eu vou culpar alguém.

Responder

2
2


Maria - 15-04-2019 11:37:21

kkkk.... Honestíssima.... caixa 2....... mala de dinheiro vivo.........política na toga...... auxílio moradia mesmo tendo 3 casas...... uso não declarado de aeronave de terceiro......nepotismo familiar........envolvimento com grampos telefônicos..... protetora dos taques..... perseguidora de inocentes...... kkkkkk......... Honestíssima.....

Responder

1
1


Carlos Nunes - 14-04-2019 17:24:51

Em resposta ao quase xará Carlo Nunex...quero ver um partido político no Brasil, me dizer que, um filiado seu, pode ser candidatar a alguma cargo (de presidente, de governador, de prefeito, de senador, de deputados federal e estadual e de vereador), sem passar pela sua Convenção Partidária...Quero ver dizer que algum filiado é candidato a algum cargo, sem registrar sua candidatura no TRE...depois de ter passado pela Convenção é claro. O Processo da Juíza SELMA tem que ser avaliado pelo TSE, em tudo o que aconteceu DEPOIS da Convenção e do registro da Candidatura...e não pelo que aconteceu ou deixou de acontecer ANTES (em abril, maio, ou meses anteriores a isso)...nesses meses a Juíza não era candidata a nada...nadinha. Sentença Judicial pode ser questionada...e deve, é por isso que existe as esferas superiores da Justiça.

Responder

3
3


Carlo Nunex - 15-04-2019 07:17:08

EU PENSO QUE AS LEIS SÃO SÓ PARA OS INIMIGOS.

Responder

5
3


Carlos Nunes - 14-04-2019 12:00:47

No país das inversões de valores chamado Brasil é assim mesmo...Tio Renan ri da decisão do TRE/MT...Tio Saka, tendencioso, quase entregou de bandeja a vaga de senador pro tio Fávaro. Tomara que o TSE separe o imbróglio que fizeram no processo da Juíza. A Convenção Partidária que indicou a Juíza como candidata a Senadora, aconteceu no mês de Agosto/2018, e o registro da candidatura depois. No processo fuçaram a vida da Juíza desde o mês de abril, maio, e outros meses anteriores à Convenção e registro da candidatura. Sinto informar que, pela Lei, ANTES a Juíza SELMA não era candidata a nada...nem a porteira de cemitério. E se não era candidata a nada, a Justiça Eleitoral não pode invadir a vida dela, pra saber movimentação de conta bancária, empréstimo, ou contratação de qualquer profissional. Movimentação de conta, empréstimo, tem que informar só a Receita Federal, através da Declaração do IR, 2019, exercício 2018. A Receita estabelece que qualquer empréstimo bancário, ou de amigos, conhecidos e parentes, que pode ser comprovado em movimentação bancária, deve ser declarado. Ano que vem vai ter eleição pra prefeito de Cuiabá, tudo indica que teremos muitos candidatos...as Convenções Partidárias, que indicarão os candidatos a prefeito, acontecerão no mês de Agosto/2020. Já pensou se o TRE/MT começa a fuçar a vida desses cidadãos e cidadãs a partir do mês de abril, maio, e outros anteriores à Convenção e registro da candidatura, tal como fizeram com a Juíza? Como é que o TRE entra na vida do cidadão, enquanto esse não é candidato a nada? Eu não entendo bulhufas disso. Será que é um super TRE, que pode tudo? Acho que colocaram foi a carroça na frente dos bois...o certo é a carroça atrás e os bois na frente.

Responder

6
6


Carlo Nunex - 14-04-2019 16:48:33

EU TAMBÉM GOSTO DE INVERTER OS VALORES DA SENTENÇA JUDICIAL QUE CONDENOU A MILIANTE.

Responder

2
6


9 comentários